A Virgin Atlantic estreará o voo Londres-Sao Paulo em 29 de março com jatos 787-9 (Mark Harkin)

A Virgin Atlantic finalmente anunciou a data de início do seu voo entre Londres (Heathrow) e São Paulo (Guarulhos). Ele está marcado para começar no dia 29 de março de 2020 e os bilhetes poderão ser adquiridos a partir do dia 10 de setembro. Com frequência diária, o voo será operado com o Boeing 787-9 com 264 assentos – 31 na Upper Class, 35 Premium e 198 na econômica.

A Virgin também anunciou nesta quarta-feira (4) um acordo de codeshare com a companhia aérea brasileira Gol que oferecerá para os passageiros do voo a possibilidade de seguir viagem para 37 destinos no Brasil e vice-versa.


O início dos voos entre Londres e São Paulo deve acirrar a concorrência na rota Brasil-Reino Unido. Atualmente, voam diariamente entre os dois países a British Airways (Rio de Janeiro e São Paulo) e a LATAM (São Paulo). A low-cost Norwegian Air também passou a voar para o Rio de Janeiro com cinco frequências semanais.

“Temos o prazer de anunciar nosso acordo de compartilhamento de código com a GOL. O Brasil é um país tão rico e diversificado e poderemos oferecer conexões perfeitas para clientes do nosso novo serviço de Londres Heathrow a São Paulo em 37 destinos em todo o Brasil. Com voos à venda a partir de terça-feira, 10 de setembro de 2019 e o primeiro voo em 29 de março de 2020, os clientes poderão em breve desfrutar do serviço de assinatura da Virgin Atlantic para o maior país da América do Sul. ”, afirmou Juha Jarvinen, CCO da Virgin Atlantic.

O novo voo da Gol entre Campinas e Brasília será realizado com jatos 737-800 (GOL)

A Gol oferecerá voos em codeshare com a Virgin para 37 destinos a partir de Guarulhos (GOL)

Parceria global

O anúncio do codeshare não causa surpresa afinal a companhia aérea britânica tem como sócios o grupo Air France-KLM e a Delta Air Lines. Ambos também possuem uma relação muito próxima com a Gol, incluindo ações da empresa brasileira.

A Virgin Atlantic, fundada pelo bilionário Richard Branson, tem 49% das suas ações nas mãos da Delta e 9% com a Air France-KLM. Os dois grupos, no entanto, estão em tratativas para assumirem o controle da Virgin, dependendo da aprovação dos órgãos de controle dos países envolvidos.

A companhia aérea britânica é conhecida por oferecer vários agrados aos passageiros e tem modernizado sua frota com aeronaves A350-1000 e A330-900neo depois de desistir de receber o A380.

A British Airways voa diariamente para Sao Paulo e Rio de Janeiro (Mark Harkin)

Veja também: Gol lança serviço de stopover nos aeroportos paulistas