A Azul vai receber cinco jatos A330neo da empresa de leasing Avalon (Airbus)

Depois de adiar três vezes a estreia com o A330-900neo, a Azul deve iniciar suas operações com o novo jato de longo alcance da Airbus a partir de junho. Segundo informações do site Routes Online, o primeiro voo da companhia com a aeronave está marcado para o dia 1 de junho, na rota entre Campinas (Viracopos) e Lisboa, em Portugal. De acordo com a publicação, o avião será utilizado pela empresa neste trecho até 4 de outubro, com quatro voos por semana.

A mesma página ainda aponta que a companhia também vai voar com o A330neo no voo de Viracopos para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, a partir do dia 10 de junho com um voo semanal e passando para duas frequências semanais em 3 de julho e até 25 de setembro. Por fim, o site também afirma que a Azul vai voar para Porto, partindo do hub em Campinas, em 1 de julho, com um voo semanal.



Segundo a publicação, os demais voos da programação da companhia nessas rotas de longo alcance serão assegurados por modelos Airbus A330-200, como acontece atualmente – a Azul possui sete jatos A330-200 na frota.

Em contato com o Airway, a Azul não confirmou as novas datas de estreia com o A330neo. A companhia disse apenas que espera receber sua primeira aeronave A330-900neo até o fim do primeiro semestre de 2019.

A Azul divulgou recentemente que esperar receber três jatos A330neo neste ano. A encomenda da companhia compreende cinco aeronaves, que serão alugadas pela empresa de leasing Avalon. Os A330-900neo da Azul serão configurados com 298 assentos, 27 a mais comparado aos A330 operados pela empresa atualmente.

Segundo dados da Airbus, o A330neo é até 14% mais eficiente em consumo de combustível comparado ao modelo da primeira geração. As principais novidades na aeronave são evoluções aerodinâmicas, como as asas redesenhadas, e os motores de última geração  Trent 700, da Rolls-Royce.

Veja mais: Airbus A330neo recebe certificação para voos transoceânicos de longa distância