O P-51 "Voodoo" conta com modificações aerodinâmicas e motor mais potente (Divulgação)

O P-51 “Voodoo” conta com modificações aerodinâmicas e motor mais potente (Divulgação)

O campeão de corridas aéreas Steve Hinton Junior é o novo dono do recorde de velocidade para aviões com motores a pistão. O piloto alcançou no último dia 2 de setembro a marca de 855 km/h voando em seu Mustang “Voodoo”, uma versão altamente modificada do clássico caça norte-americano usado em combate durante a Segunda Guerra Mundial.

A velocidade média estabelecida por Hinton superou os 850 km/h registrados por Lyle Shelton em 1989, também com um antigo caça americano, um F-8F Bearcat – ou “Rare Bear”, no caso da versão modificada para o recorde . A marca de Shelton, no entanto, foi extinta após mudanças no código esportivo da Fédération Aéronautique Internationale (FAI – Federação Aeronáutica Internacional), que reconheceu o novo recorde.


Oficialmente, o recorde de velocidade nessa categoria pertencia a Will Whiteside Junior, que havia alcançado em 2011 a marca de 511 km/h com um Yak-3, outro caça clássico da época da Segunda Guerra Mundial, da União Soviética.

O recorde do P-51 Voodoo foi alcançado a partir de quatro passagens por um percurso de 3 km a uma altitude de 100 metros. Na volta mais rápida a aeronave chegou a alcançar 892 km/h, mas o que define o recorde, segundo o regulamento da FAI, é a média de velocidade obtida nas quatro passagens.

O P-51 usado no recorde pertence a empresa de fotografia aérea Persuit Aviation, dos EUA. A aeronave modificada é baseada no modelo P-51D-25-NA, fabricado em 1944.

Esse mesmo avião, ao longo dos últimos 73 anos, já teve 11 proprietários, incluindo dois operadores militares, o exército dos EUA e a força aérea do Canadá. A aeronave também acumula três acidentes em seu currículo.

O P-51 usado no recorde foi fabricado em 1944 e já sofreu três acidentes em 73 anos (Divulgação)

O P-51 usado no recorde foi fabricado em 1944 e já sofreu três acidentes em 73 anos (Divulgação)

O avião mais rápido de todos os tempos é até hoje o Lockheed SR-71 Blackbird, impulsionado por motores turbojatos. A aeronave usada pela força aérea dos EUA, que servia em missões de espionagem, alcançou 3.529 km/h em 1976.

Veja mais: Airbus Perlan 2 estabelece novo recorde de altitude para planadores