Northrop Grumman B-2

A Força Aérea Americana assinou contrato com a Northrop Grumman no valor de 468 milhões de dólares para dar início a produção inicial em baixa cadência (LRIP) do programa de modernização do radar do bombardeiro stealth B-2.
O contrato premia um esforço de cinco anos no desenvolvimento da modernização do radar do B-2 para um modelo AESA – active electronically scanned array em uma nova frequência que deve ter início de produção nos próximos dias.

A assinatura do contrato também indica que a Northrop reprojetou o monitor do radar que ainda requer uns anos extras para ser completado. A USAF não comentou porque o reprojeto foi necessário. Funcionários da Northrop não foram autorizados a comentar sobre o anúncio da assinatura do contrato com a USAF.
A USAF quer a modernização das antenas do B-2 porque a atual frequência do radar de bordo da aeronave foi redesenhada para uso civil. A nova antena AESA é uma modernização, mas as capacidades do radar continuam as mesmas menos o processador que também será modernizado.