A TAP voará com o A321 LR para Belém do Pará e Natal (TAP)

A TAP Air Portugal confirmou nesta semana os planos de ampliação da sua malha aérea para o Brasil. Entre as novidades está a introdução do Airbus A321neo LR, versão de longo alcance do jato de um corredor. Como já constava na ANAC, a companhia aérea portuguesa passará a voar com o jato para Belém do Pará no lugar do A330-200. Além da capital paraense, Natal também contará com o novo avião, mas a TAP não revelou quando haverá a troca de equipamento.

As duas cidades, no entanto, passarão a ter cinco voos semanais contra três atualmente, o que ampliará a oferta de 807 para 855 lugares – além, é claro, da disponibilidade de mais datas para viagem. Segundo o sistema Siros, da ANAC, o voo para Belém deve começar no dia 29 de outubro. O voo para Natal ainda não apareceria com o novo avião até a publicação deste artigo.


A TAP já conta com dois A321neo da versão de longo alcance em sua frota. Eles têm assumido voos para Tel Aviv e Nova York que antes ficavam a cargo de jatos de corredor duplo, que consomem mais combustível. Até outubro, a frota do aparelho deve chegar a seis aeronaves, o que permitirá a expansão das rotas.

Porto

Além dos voos para o Nordeste, a TAP também revelou que irá ampliar a rota entre São Paulo e Porto, segunda maior cidade de Portugal. O trecho ganhará mais uma frequência semanal em 2020 e que se beneficiará também do aumento dos voos entre Porto e Madri. Com isso, Guarulhos passará a ter quatro voos por semana para o destino.

“Nos últimos dois anos, a TAP registrou um crescimento sustentável do número de lugares oferecidos na sua rede. Em 2018, a companhia disponibilizou mais 12% de lugares e, em 2019, a capacidade oferecida já aumentou 9,3%. Em 2020, o enfoque será consolidar e crescer nos principais destinos”, diz nota da companhia aérea.


O aeroporto de Porto receberá mais voos da TAP em 2020 incluindo uma quarta frequência semanal para São Paulo (Dennis Morhardt)

Além do Brasil, a TAP pretende ampliar sua presença nos EUA com mais voos para Nova York, Washington, Chicago e Miami. Moscou, por outro lado, passará a ser atendida pelo A321LR.

Para dar conta das mudanças, a companhia portuguesa abandonará algumas rotas como as que ligavam Porto a Barcelona e Lyon, na França. O voo que ligava Lisboa ao aeroporto London City será desativado por conta da baixa procura causada pelo Brexit.

Veja também: Passageiros e tripulantes relatam indisposição em voo no jato A330neo da TAP