O primeiro A321LR da TAP: encomenda de 12 aviões para realizar voos transatlânticos incluindo o Brasil (Airbus)

A TAP Air Portugal recebeu a certificação para efetuar voos transatlânticos com um de seu único A321LR recebido até o momento, o CS-TXA. Com isso, a companhia aérea portuguesa já poderia voar para destinos no Nordeste do Brasil, um dos objetivos anunciados por ela.

No entanto, a estreia do A321LR em um voo sobre o Oceano Atlântico terá Nova York como destino – além de Tel Aviv, em Israel, ambas rotas já autorizadas. A companhia, no entanto, não revelou quando esses novos voos estrearão. Atualmente o CS-TXA está cumprindo suas primeiras rotas dentro da Europa.


O primeiro A321LR da TAP foi recebido em abril e está configurado com 171 assentos – 16 na executiva com poltronas que reclinam 180º, 48 na econômica premium e 107 na econômica tradicional.

Com um alcance de até 7.408 km (4.000 milhas náuticas), voar para Tel Aviv ou mesmo para Nova York não será um desafio para o A321LR da TAP. Enquanto a capital (oficial) de Israel está a cerca de 4.000 km de Lisboa, a maior cidade dos EUA fica a aproximadamente 5.400 km da capital portuguesa.

Quando tiver o Brasil como destino, Airbus certamente fará valer sua impressionante autonomia. Se a TAP, por exemplo, colocá-lo na rota para Salvador, teremos um voo de quase 6.500 km.

A TAP tem outros 11 A321LR encomendados. A companhia aérea será a primeira a voar ao mesmo tempo com o A330neo, outro de seus novos aviões.


O A321LR e o A330neo: dupla por enquanto exclusiva da TAP

Veja também: JetBlue voará de Nova York e Boston para Londres em 2021