A TAAG voa de Luanda para o Rio de Janeiro e São Paulo com jatos Boeing 777-300 ER (Pedro Aragão)

A companhia aérea TAAG, de Angola, divulgou um comunicado neste final de semana avisando que vai suspender suas operações entre Luanda e o Rio de Janeiro (aeroporto do Galeão), a partir do próximo dia 28 de outubro. A empresa africana voa atualmente duas vezes por semana no trecho com jatos Boeing 777-300ER.

Os passageiros que têm reservas para depois da data de suspensão serão atendidos via São Paulo/Guarulhos, de onde a empresa angolana voa para Luanda quatro vezes por semana com aeronaves 777-300ER. Os passageiros que partem do Rio de Janeiro serão alocados em voos domésticos para SP custeados pela companhia, que não informou se a suspensão do voo é temporária ou definitiva.


A TAAG havia retomado os voos diretos entre Luanda e o terminal carioca em abril deste ano. Antes disso, o voo da companhia para o Rio de Janeiro contava com uma conexão em São Paulo.

Fundada em 1938, a TAAG é uma das companhias aéreas mais antigas da África que ainda permanecem no mercado. As operações na empresa no Brasil começaram em 1985, com voos para o Rio de Janeiro.

Veja mais: British Airways recebeu seu primeiro Airbus A350-1000