Embraer Phenom 300

O segundo jato Phenom 300 da Embraer, matrícula PPXVJ, decolou pela primeira vez no último dia 5 de agosto da pista de testes da Empresa, a maior da América do Sul, localizada na Unidade Gavião Peixoto. A tripulação foi composta pelos pilotos Jeirgem Prust e John Sevalho Corção, e o engenheiro de testes em vôo Leandro Bigarella. Antes do vôo, o avião concluiu várias horas de ensaios, tendo realizado, entre outros, testes para verificar a partida elétrica (electrical power-on, em inglês), o funcionamento dos motores e a integração dos sistemas.


“O programa Phenom 300 avança continuamente. A primeira e a segunda aeronaves são peças chave para a campanha de certificação”, disse Henrique Langenegger, Diretor de Programas da Embraer para o Mercado de Aviação Executiva. “A qualificação das nossas equipes de engenharia, aliada ao uso extensivo de tecnologia, com certeza apoiará o firme progresso do programa.”

O primeiro Phenom 300 voou em abril passado e concluiu os testes de vibração em solo (Ground Vibration Test – GVT) no início do mês de junho. Com base nos resultados positivos obtidos, a aeronave realiza atualmente testes de desempenho aerodinâmico para definir a configuração aerodinâmica final. Paralelamente, o terceiro e o quarto Phenom 300 estão nas etapas de montagem e junção dos segmentos, respectivamente.

As campanhas de certificação e maturidade do Phenom 300 serão realizadas com uma frota de quatro aeronaves. As duas primeiras estarão equipadas com instrumentação completa e a terceira e a quarta aeronaves serão configuradas com o interior projetado em parceria com a BMW Group Designworks USA. Outros dois aviões serão utilizados para testes estruturais em solo (estático e de fadiga).