O MC-21 tem a mesma capacidade do A320 e o Boeing 737: varia de 163 a 211 passageiros (Divulgação)

O MC-21 tem a mesma capacidade do A320 e o Boeing 737: varia de 163 a 211 passageiros (Divulgação)

A Rússia e os Emirados Árabes Unidos (EAU) iniciaram conversações preliminares para a produção conjunta de um novo avião comercial no estado do Golfo Pérsico. A informação foi confirmada durante o Dubai Air Show por Sergei Chemezov, CEO da Rostec, grupo estatal russo que fornece uma série de componentes vitais para o programa MC-21, o novo jato comercial da fabricante Irkut, outra empresa russa.

Como adiantou o executivo, o projeto prevê o desenvolvimento e construção de mais um modelo para a família MC-21, desta vez o MC-21-400, com capacidade para 250 passageiros. Até o momento, a Irkut testou somente a versão MC-21-300, para 211 ocupantes.



“Um grupo de trabalho será criado para discutir isso ainda mais. O príncipe herdeiro de Abu Dhabi expressou seu desejo de iniciar a produção do MC 21-400”, disse Chemezov.

Em entrevista à agência Reuters, o CEO da Rostec ainda disse que vários países do Oriente Médio demostraram interesse no novo jato de passageiros russo, mas nenhum contrato específico foi assinado.

“A região do Oriente Médio Norte de África é importante para nós, representando cerca de 48% de nossas vendas totais, tanto civis como militares”, disse Chemezov.

A Irkut já soma mais de 350 pedidos pelo MC-21, a maioria de companhias aéreas e grupos de investimento da Rússia – as únicas exceções são empresas do Azerbaijão e Egito.

O primeiro voo do MC-21 foi realizado em maio deste ano a partir da instalação da Irkut na Sibéria. O novo jato desenvolvido na Rússia é uma proposta com porte e desempenho para competir contra a tradicional dupla Airbus A320 e Boeing 737, hoje os jatos comerciais mais vendidos no mundo.

A campanha de testes e certificação comercial do novo jato russo está programada para ser concluída até o final de 2019. O projeto da família MC-21 ainda conta com a versão “junior” MC-21-200, com capacidade máxima para 165 passageiros. A Irkut, no entanto, ainda não tem definido um cronograma de desenvolvimento e lançamento sobre o menor modelo da série.

O primeiro protótipo do jato russo MC-21 deve decolar somente em 2017 (UAC)

O MC-21 foi apresentado em 2015; sua estreia comercial é esperada para meados de 2020 (UAC)

Do frio para o deserto

Em fevereiro deste ano, durante uma exposição de defesa em Abu Dhabi, Chemezov anunciou que a Rússia havia iniciado negociações com os Emirados Árabes Unidos para desenvolver um avião de combate de nova geração. O grupo russo, contudo, ainda não estabeleceu nenhuma data para o início dos projetos a nação árabe.

Veja mais: Rússia prepara lançamento de novo avião turbo-hélice comercial