Imagem aérea da FIDAE, a maior feira de aviação da América Latina, no Chile (FIDAE)

Imagem aérea da FIDAE, a maior feira de aviação da América Latina, no Chile (FIDAE)

O Brasil possui a terceira maior fabricante de aviões do mundo, a Embraer, mas ainda não conta com um evento de aviação de grande porte, como são as feiras Le Bourget, na França, e a FIDAE, no Chile. Mas isso vai mudar em breve.

Na próxima segunda-feira (4/4) será realizado o lançamento da mostra “International Brazil Air Show” (IBAS), no aeroporto internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro (RJ).



Programada para 2017, a exposição será realizada no próprio Galeão – a data ainda não foi definida. Segundo a Sator, empresa que organiza a feira, o IBAS será o maior evento realizado no Brasil após as Olímpiadas no Rio de Janeiro, em agosto.

Segundo os organizadores, o primeiro evento desse gênero realizado no Brasil deve reunir cerca de 200 empresas do setor aeroespacial, aeroportuário e fornecedores da aviação civil, militar e executiva. Também haverá exposição de aeronaves e equipamentos, shows aéreos e acesso simuladores de voo.

O lançamento do evento contará com a presença do Secretário Executivo de Aviação Civil do Governo Federal, Guilherme Ramalho; do Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e do Presidente da Concessionária RIOGaleão, Luiz Rocha.

Atualmente, o principal evento sobre aviação no Brasil é a Labace, realizada anualmente no aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP). A mostra, porém, é focada na aviação executiva.

Veja mais: Frota de aviões da América Latina pode triplicar em 20 anos