A ANA vai iniciar os voos com o A380 em 2019 na rota entre Tóquio e Honolulu, no Havaí (Divulgação)

A ANA vai iniciar os voos com o A380 em 2019 na rota entre Tóquio e Honolulu, no Havaí (Divulgação)

Faz tempo que o Airbus A380 não estreia com uma nova companhia aérea. Os clientes mais recentes do maior avião de passageiros do mundo são as companhias Asiana, Etihad e Qatar, que receberam suas primeiras aeronaves em 2014. Mas a partir de 2019, o gigante da aviação vai aparecer no mercado com as cores de uma nova empresa, a All Nippon Airways (ANA), do Japão.

E bota cor nisso. Os A380 da ANA serão os mais coloridos já produzidos: os aviões serão customizados com temas do Havaí para a celebrar a primeira a rota em que a empresa japonesa vai voar com a aeronave, o trecho entre Tóquio e Honolulu. A companhia encomendou três unidades do jato e pretende iniciar os novos voos com o quadrimotor no primeiro semestre de 2019.


Cada modelo terá a pintura com a figura de uma tartaruga e cores diferentes. Os aviões também terão nomes havaianos. O primeiro deles, pintado de azul, é o “Lani”, palavra que no idioma havaiano significa “Céu”. A frota será completada pelos modelos verde “Kai” (Oceano) e laranja “Ka La” (por do sol).

Os A380 da ANA poderão embarcar até 520 passageiros. O primeiro andar da aeronave será dedicado totalmente a classe econômica, para 383 ocupantes, incluindo 60 “sofás”, fileiras de assentos que podem ser convertidas em camas. Já o deck superior será dividido em 73 poltronas na econômica premium, 56 na executiva e mais oito leitos de primeiro classe.

Os jatos da companhia ainda contarão com uma sala multi-propósito no primeiro andar da cabine. Como explicou a ANA, o espaço poderá ser usado para cuidar de crianças durante o voo ou para os passageiros trocarem de roupas. Todos os ocupantes que viajarem no A380 da empresa asiática ainda terão acesso a bares nos dois andares da aeronave.

Todos os passageiros terão acesso a bares dos dois andares do A380 na ANA (Divulgação)

Todos os passageiros terão acesso a bares dos dois andares do A380 na ANA (Divulgação)

A ANA será a 14° companhia aérea a receber o A380. Em março deste ano, o número de encomendas pela aeronave caiu 109 unidades, após a Vingin Atlantic cancelar seus pedido por seis unidades. Em pouco mais de 10 anos de operações, a Airbus já entregou 222 unidades do avião.

Cada A380 da ANA terá uma cor e um nome diferente (Divulgação)

Cada A380 da ANA terá uma cor e um nome diferente; o modelo de lançamento será o “Lani” (Divulgação)

Outro nome que deve estrear ainda neste ano com o A380 é a HiFly, de Portugal. A empresa, contudo, não é uma companhia aérea de voos regulares, mas sim um prestador de voos fretados. Diferentemente da empresa japonesa, que comprou aviões novos, o grupo português vai voar com um modelo usado retirado da frota da companhia Singapore Airlines.

Veja mais: Airbus A380 completa um ano de operações no Brasil