(Divulgação)

A primeira edição do IBAS, no Rio de Janeiro, contou com apenas 10 aeronaves expostas (Divulgação)

A Sator, empresa responsável pela organização do International Brazil Air Show (IBAS), anunciou nesta segunda-feira (29) que a segunda edição do evento será realizada no Aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, em vez do Galeão, no Rio de Janeiro. A feira está marcada para acontecer nos dias 1,2 e 3 de outubro de 2019.

Paula Faria, diretora executiva da Sator, disse que o evento reunirá governo, empresas, entidades e que, nos três dias do IBAS em São Paulo, serão realizados seminários, exposições e rodadas de negócios.


“Reuniremos, em um único evento, a cadeia aeroespacial, de infraestrutura aeroportuária e de fornecedores da aviação comercial e executiva. A segunda edição do IBAS contará com diversas atividades e eventos paralelos para os expositores, patrocinadores e participantes em geral, gerando oportunidades de networking e negócios, visto que o público participante será composto por profissionais altamente qualificados nas indústrias relacionadas”, comentou a diretora.

O evento será realizado no Edifício Garagem no Terminal 3 do aeroporto de Guarulhos. A organização do evento ainda não comenta sobre a presença de expositores e aeronaves que estarão presentes no IBAS 2019.

A primeira edição do IBAS, realizada entre março e abril de 2017, recebeu um total de 167.107 pessoas e 130 marcas expositoras. Na época, a organização disse que o evento era “inspirado” no Le Bourget, a maior e mais importante feira de aviação do mundo, realizado na França. O evento no Rio de Janeiro, no entanto, deixou a desejar na parte de exposição de aeronaves, que contou com apenas 10 modelos diferentes.

Veja mais: Primeiro voo do Bandeirante, avião que deu origem a Embraer, completa 50 anos