O primeiro A350-900 nas cores da JAL: estreia em junho (Airbus)

O primeiro A350 de uma encomenda de 31 unidades da Japan Air Lines (JAL) deixou a área de pintura da fábrica da Airbus em Toulouse (França) nos últimos dias. O jato, da variante -900, passará agora por testes no solo e em voo antes de ser entregue à companhia aérea japonesa no final de junho.

Segundo a Airbus, o novo avião voará inicialmente em rotas domésticas numa configuração com 369 assentos em três classes de serviço. No total, a JAL encomendou 18 A350-900 e 13 A350-1000 em 2013 para substituir os Boeing 777-200 e -300 em sua frota, em um duro golpe para a fabricante americana que tinha a preferência dos japoneses até então.


A JAL, inclusive, foi uma das maiores operadoras do Boeing 747, do qual chegou a ter 108 aviões. Mas a crise financeira por que passou em 2010 e que a levou à entrar com pedido recuperação judicial, a obrigou a aposentar o modelo e deixar várias rotas pouco competitivas, entre elas o voo São Paulo-Tóquio.

Uma das rotas mais tradicionais da companhia aérea (e que fazia todo sentido, afinal o Brasil tem a maior colônia japonesa do mundo) havia sido inaugurada em 1978. O voo, realizado com um McDonnell Douglas DC-8-62, pousava no Rio de Janeiro e Viracopos até 1985 quando passou a voar para Guarulhos. Nesse período, a empresa substituiu o DC-8 pelo 747 com o qual voou até 2010 em diferentes versões.

O jato é o primeiro Airbus encomendado pela JAL diretamente ao fabricante (Airbus)

Airbus da JAS

A compra do A350 foi a primeira feita diretamente pela JAL à Airbus, mas não serão seus primeiros jatos da fabricante europeia. Nos anos 2000, a JAL herdou a frota de Airbus A300 da companhia Japan Air System (JAS) na época em que as duas promoveram uma fusão – sob protestos da rival ANA.

A JAS era na época a terceira maior companhia aérea do Japão e usava inclusive uma pintura copiada do padrão dos protótipos da Airbus, entre outras. Os A300, no entanto, voaram até 2013 na JAL que desde então opera seus voos internacionais com os 777 e 787.

A300-600R herdado pela JAL da Japan Air System (Kentaro Iemoto)

Veja também: Após A380, All Nippon Airways recebe seu primeiro 787-10