O primeiro A350 da TAM realizou nesta semana os primeiros testes com os motores (@eu_spotters)

O primeiro A350 da TAM realizou nesta semana os primeiros testes com os motores (@eu_spotters)

O primeiro jato A350 da Tam está pronto para voar! A aeronave foi flagrada nesta semana já completo, com toda fuselagem, asas e motores instalados, realizando seus primeiros ensaios de aceleração em solo. O flagra é do grupo @eu_spotters. Após completar essa fase de testes o jato será enviado para a “linha de voo” na fábrica da Airbus em Toulouse, na França, e será liberado para realizar sua primeira decolagem.

A Tam será a primeira companhia das Américas a receber o novo avião da Airbus. A empresa vai operar a versão média do jato, o A350-900 XWB, capaz de voar por 15.000 km. A aeronave da empresa brasileira será configurada para receber até 348 passageiros, sendo 318 ocupantes na classe econômica e mais 30 da executiva (Premium Business).


O primeiro A350 da Tam está programado para entrar em operação a partir de janeiro de 2016, a princípio na rota nacional São Paulo (SP) – Manaus (AM). A partir de abril, o modelo será transferido para os trechos internacionais da companhia, a começar por São Paulo – Miami. Também estão previsto voos para Madri com o novo avião.

A Latam, grupo que reúne a Tam Linhas Aéreas e a chilena Lan Airlines, já encomendou 27 aeronaves A350-900 e A350-800, que devem ser entregues até meados de 2020. Além disso, a Tam será a quarta companhia aérea do mundo a receber o moderno jato da Airbus . Já existem 11 modelos A350 em serviço com as companhias Qatar Airways, Vietnam Airlines e Finnair.

Jato econômico

O A350 é um dos aviões mais caros da atualidade, com preço na casa dos US$ 300 milhões,e já tem clientes de sobra para a próximas duas décadas. Considerado um dos jatos comerciais mais modernos do mundo, o novo modelo da Airbus vem atraindo a atenção das companhias aéreas devido ao seu baixo consumo de combustível e menores custos de manutenção.


Os motores do A350 são até 30% mais econômicos em consumo de combustível em relação aos jatos da geração anterior, o que pode reduzir significativamente os custos de uma empresa aérea. A alta eficiência da aeronave também foi alcançada devido a partes da fuselagem e asas construídos com fibra de carbono em vez de materiais metálicos, tornando o avião mais leve.

O A350 da TAM vai poder transportar até 348 passageiros em duas classes (TAM)

O A350 da TAM vai poder transportar até 348 passageiros em duas classes (TAM)

O futuro avião da Tam é também um dos mais automatizados da atualidade. Equipado com uma nova geração de comandos fly-by-wire, a aeronave pode realizar uma série de procedimentos de voo, inclusive pousos e decolagens, sem ou com pouca intervenção dos pilotos, que podem se concentrar em outras funções de controle.

Além do A350-900, até então única opção do jato oferecida, a Airbus também trabalha nas versões A350-800, para cerca de 280 passageiros, e A350-100, que será o modelo com maior capacidade de ocupação, com até 440 assentos (configurado com apenas uma classe). Esses dois modelos devem entrar em serviço até o final desta década.

A fabricante europeia ainda está desenvolvendo uma versão de alcance estendido baseado no A350-900, que será chamado de “A350-900ULR” e poderá realizar viagens de até 16.120 km. A série “ULR” também será o mais pesado dos A350, podendo decolar com até 278,7 toneladas – o peso máximo do A350-900 para decolagem é de 205 toneladas.

Veja mais: Azul apresenta jato A330 com nova configuração