O ACJ320neo transporta até 25 passageiros, enquanto a versão comercial pode receber quase 200 ocupantes (Airbus)

O ACJ320neo transporta até 25 passageiros, enquanto a versão comercial pode receber quase 200 ocupantes (Airbus)

A Airbus anunciou nesta segunda-feira (19) que o primeiro ACJ320neo completou no último dia 16 de novembro seu voo inaugural. A aeronave decolou da sede do grupo europeu em Hamburgo, na Alemanha, e voou por duas horas e 40 minutos, dando início ao seu curto programa de testes e certificação. O modelo é a versão de transporte executivo baseado no novo jato comercial A320neo.

O novo jato da divisão Airbus Corporate Jets (ACJ) pode percorrer 12.500 km ou permanecer voando por mais de 15 horas, o suficiente para viajar de São Paulo até Dubai sem escalas. Esse desempenho é alcançado quando a aeronave transporta 8 passageiros. Com capacidade máxima, de 25 passageiros, a autonomia é reduzida para 11.100 km ou 13 horas de voo. Como comparação, o A320neo comercial pode embarcar até 195 passageiros e tem alcance de 6.500 km.



Jatos executivos derivados de aviões comerciais podem voar mais longe pois contam com mais tanques de combustível em vez de compartimentos de bagagens. O ACJ320neo leva essa premissa ainda mais adiante ao incorporar as novidades tecnológicas da família A320neo, focadas na redução do consumo de querosene, no caso os motores mais eficientes e os novos winglets nas asas. Segundo a Airbus, o novo jato é até 15% mais eficiente que o A320 de primeira geração.

“O primeiro voo do ACJ320neo anuncia uma nova era dos jatos corporativos da Airbus, proporcionando uma melhoria de alcance que permite viajar sem escalas entre cidades ainda mais distantes”, disse o presidente da ACJ, Benoit Defforge. “A eficiência de combustível aprimorada da família ACJ320neo também significa que ela se compara ainda mais favoravelmente aos custos operacionais dos jatos executivos tradicionais”, acrescentou.

O ACJ320neo que iniciou a campanha de testes já tem dono: a companhia de voos charter Acropolis Aviation, do Reino Unido, que receberá a aeronave nos próximos meses. Depois de concluir os ensaios e receber a certificação, o avião será enviado para a Suíça, onde vai receber a cabine executiva e será repintada com as cores do cliente.

A nova série ACJ320neo substitui os modelos da família CJ320 e contemplam todos os modelos da família A320neo (A319neo, A320neo e A321neo). Os principais compradores desse tipo de jato executivo são companhias de voos fretados de alto padrão ou governos. O Brasil é um desses clientes, com o avião presidencial VC-1A, um CJ319.

O avião presidencial do Brasil é um CJ319 (FAB)

O avião presidencial do Brasil é um CJ319 (FAB)

A Airbus também oferece versões VIP para todas as suas aeronaves widebodies, desde o A330 ao gigante A380.

Veja mais: Voamos no novo jato executivo Embraer Praetor 600