(Marinha do Brasil)

PHM Atlântico navegando pelo RJ já com helicópteros na Marinha no convés de voo (Marinha do Brasil)

Agora é pra valer! O novo porta-helicópteros PHM Atlântico foi transferido ao Setor Operativo da Marinha do Brasil (MB), responsável pelo cumprimento das atribuições militares das embarcações. Até então, o navio era operado pelo Setor do Material da Marinha, responsável por coordenar e executar a obtenção de novos meios navais.

A cerimônia de transferência da embarcação foi realizada nessa quarta-feira (5) no Cais Norte do Arsenal de Marinha no Rio de Janeiro e presidida pelo comandante da Marinha, o Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira. Durante o ato, foram assinados o Termo de Transferência de Subordinação e o Livro do Navio.



A aquisição do PHM Atlântico foi anunciada no final de junho pela MB, que comprou a embarcação da Royal Navy (marinha britânica) por £ 84 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 440,7 milhões na cotação atual). O navio, que antes se chamava HMS Ocean, foi construído na Inglaterra em 1995.

O porta-helicópteros iniciou sua viagem rumo ao Brasil no dia 1° de agosto e chegou ao seu porto sede, no Rio de Janeiro, no dia 25 do mesmo mês, após escala em Portugal.

A aquisição da embarcação faz parte do programa estratégico da MB de “Construção do Núcleo do Poder Naval”, que prevê a substituição gradual de embarcações e aeronaves com objetivo de ampliar a capacidade operacional.

Segundado dados da MB, o PHM Atlântico é projetado para navegar a velocidade de 18 nós (33,3 km/h) e tem um raio de ação de 8.000 milhas náuticas (14.816 km). A embarcação tem capacidade para receber e armazenar até 19 helicópteros e um total de até 40 veículos blindados e mais de 800 tripulantes.

Veja mais: Porta-aviões São Paulo pode ser transformado em museu flutuante