O voo da LATAM entre Guarulhos e Roma é operado em jatos Boeing 767-300ER (FAB)

O grupo LATAM Airlines comunicou nesta quarta-feira (24) que vai suspender a rota entre o aeroporto de Guarulhos e Roma, na Itália, a partir de 1° de outubro de 2019. A companhia explicou que tomou a decisão após identificar “excesso de oferta” de voos entre o Brasil e Europa.

A companhia informou que já está em contato com os passageiros afetados, para que possam efetuar o reembolso integral dos seus bilhetes ou reacomodação em empresa congênere. Os voos da LATAM entre São Paulo e Roma foram iniciados em março de 2018 operados em jatos Boeing 767-300ER com capacidade para 221 passageiros.


Com a saída da LATAM nesse trecho, a única companhia aérea com voo diretos entre São Paulo e Roma será a Alitalia, que opera dois voos diários entre as duas cidades. A empresa italiana também tem uma frequência diária entre o Rio de Janeiro e Roma.

Em comunicado, a LATAM reforçou que seguirá operando normalmente a rota São Paulo-Milão, além de todos os seus outros voos diretos para a Europa com destino a Londres, Lisboa, Madri, Barcelona e Frankfurt.

Esse já é o segundo voo internacional suspenso pela LATAM neste ano. Em fevereiro, a companhia desistiu de voar o trecho São Paulo-Munique, que seria iniciado em junho deste ano, também alegando excesso de oferta.

Veja mais: Azul suspende parceria com Aigle Azur em voos entre Campinas e Paris