O homem suspeito de roubar aviões foi preso em Cáceres, a 250 km de Cuiabá (PF)

O homem suspeito de roubar aviões foi preso em Cáceres, a 250 km de Cuiabá (PF)

A Polícia Federal prendeu no início de novembro, em Cáceres (MT), o que é considerado um dos maiores ladrões de aviões do Brasil. O indivíduo, identificado como Sebastião Cebalho, também é suspeito de ter participado do roubo da aeronave que transportava a comitiva da então candidata ao governo do estado do Mato Grosso, Janete Riva, em 2014.

As investigações que levaram a prisão de Cebalho começaram em agosto de 2018, quando bandidos furtaram um avião do aeroporto de Cáceres que anteriormente havia sido apreendido pela PF, transportando 250 kg de cocaína. Os meliantes tentaram decolar com o mesmo aparelho, mas a tentativa acabou frustrada pois os agentes federais haviam retirado uma peça da aeronave, que acabou abandonada na cabeceira da pista.


Segundo a PF, o suspeito preso é piloto de aviões e era encarrado de levar as aeronaves até a Bolívia, onde as entregava a traficantes de drogas. Cebalho, que é ex-policial militar, residia no país vizinho e retornava ao Brasil em raras ocasiões.

A investigação ainda indica que o indivíduo pode ser o chefe de uma quadrilha de roubo de aviões e que seria o responsável por, no mínimo, outros três casos de roubos de aeronaves somente no Mato Grosso.

Além de roubar os aviões, a quadrilha também sequestravam os tripulantes das aeronaves e os mantinham em cativeiro, como foi o caso dos pilotos do avião de Janete Riva, que passaram 40 dias na Bolívia sob domínio dos bandidos.

Veja mais: Voamos no novo jato executivo Embraer Praetor 600