Airbus A330Neo (projeção Airbus)

Airbus A330Neo (projeção Airbus)

Humberto Pedrosa e David Neeleman assinaram nesta quarta-feira (24) o contrato de compra de 61% da companhia aérea portuguesa TAP, após venceram a concorrência semanas atrás. E já adiantam que a frota da TAP será formada por aviões da Airbus.

Segundo adiantou Pedrosa à imprensa portuguesa, a companhia renovará sua frota com aeronaves A330Neo e A321Neo LR, de última geração. Hoje a TAP utiliza uma frota também da Airbus composta de 21 A319, 19 A320, 3 A321 além de 14 A330 e 4 A340, ambos para voos de longo percurso.


A grande novidade com o uso dos novos aviões será operar com o A321Neo LR em rotas transatlânticas. Rotas para o leste dos Estados Unidos e nordeste do Brasil serão possíveis com o birreator de corredor único. A versão tem peso máximo de decolagem de 97 toneladas e possui um terceiro tanque de combustível capaz de oferecer um alcance extra de 500 milhas náuticas (pouco mais de 900 km).

Com configuração para 206 passageiros, o A321Neo LR (long range) é capaz de voar 4 mil milhas náuticas (mais de 7,4 mil km). Um voo entre Lisboa e Miami, por exemplo, tem 3,6 mil milhas naúticas, já entre a capital portuguesa e Salvador, são 3,5 mil milhas.

O primeiro aparelho de nova geração chegará no final de 2017 e será o A330Neo. Em 2018 será a vez do A321Neo, que responderá por mais da metade das encomendas. A empresa, no entanto, só revelará os números oficiais na próxima quarta.

Airbus A321Neo

Airbus A321Neo