O rollout do primeiro LM-100J foi realizado na instalação da Lockheed Martin em Marietta, no estado da Georgia (Divulgação)

O rollout do LM-100J foi realizado na instalação da Lockheed em Marietta, na Georgia (Divulgação)

A Lockheed Martin apresentou nessa quinta-feira (9), em sua sede em Marietta, no estado da Georgia, o LM-100J, versão civil do C-130J Super Hercules, o modelo mais recente do cargueiro originalmente concebido para o serviço militar. O próximo passo serão os testes de voo para homologação, previstos para começarem no segundo trimestre desde ano.

“O lançamento de hoje não só marca uma outra conquista para o Super Hercules, mas também reflete a capacidade da aeronave de evoluir para atender às necessidades dos clientes. O programa LM-100J superou todas as expectativas em passar de uma ideia para uma realidade”, disse George Shultz, presidente e gerente geral da divisão Air Mobility & Maritime Missions da Lockheed Martin.


O programa do Super Hercules civil foi iniciado em fevereiro de 2014 e o modelo apresentado começou a ser construído em abril de 2016. O lançamento da empresa norte-americana, tradicional no setor militar, marca o retorno do famoso cargueiro quadrimotor ao setor comercial com um novo produto. Entre 1964 e 1992, a fabricante produziu 114 L-100 Hercules, a primeira versão da aeronave destinada ao mercado civil, muitos ainda em operação.

O LM-100J é a nova versão de produção do Super Hercules e, segundo a Lockheed Martin, a aeronave civil pode cumprir diversas tarefas semelhantes às dos modelos militares, como lançamento de cargas em voo e operações de combate a incêndios.

LM-100J é baseado na versão mais avançada do cargueiro, o Super Hercules (Divulgação)

LM-100J é baseado na versão mais avançada do cargueiro, o Super Hercules (Divulgação)

Primeiro operador será brasileiro

Conforme anunciado pela fabricante em julho de 2016, a primeira entrega do LM-100J está programada para 2018 e o cliente-lançador da aeronave será uma empresa do Brasil, a Bravo Industries, de transporte logístico. Ao todo, a Bravo encomendou 10 unidades do novo Hercules civil.

O L-100 foi a primeira versão civil do Hercules, produzido entre 1965 e 1992 (Divulgação)

O L-100 foi a primeira versão civil do Hercules, produzido entre 1965 e 1992 (Divulgação)

Veja mais: Maior avião brasileiro, Embraer E195-E2 está quase pronto