O CityAirbus deve se tornar realidade em megacidades a partir de 2023 (Airbus)

O CityAirbus deve se tornar realidade em megacidades a partir de 2023 (Airbus)

A Airbus Helicopters concluiu recentemente os primeiros testes em escala normal do sistema propulsor do CityAirbus, um veículo elétrico autônomo de decolagem e aterrissagem vertical (VTOL) que promete revolucionar a mobilidade urbana com deslocamentos aéreos.

Como explica a fabricante, durante os testes a equipe de desenvolvimento do projeto checou o desempenho individual das hélices em dutos impulsionadas por oito motores elétricos Siemens de 100 KW, bem como todos os sistemas elétricos da aeronave.



“Temos agora uma melhor compreensão do desempenho do inovador sistema de propulsão elétrica do CityAirbus, que continuaremos a amadurecer por meio de testes rigorosos, enquanto iniciamos a montagem do demonstrador de voo CityAirbus em escala normal”, diz Marius Bebesel, engenheiro chefe do CityAirbus.

O CityAirbus é projetado para transportar até quatro passageiros sem a necessidade de um piloto voando por megacidades congestionadas para destinos importantes como aeroportos ou estações de trem de forma rápida, econômica e ecológica. A Airbus ainda afirma que a configuração do veículo com hélices em quatro dutos também contribuirá para um baixo nível de ruídos durante os voos.

De acordo com a Airbus, o protótipo em escala normal será testado inicialmente no chão. No primeiro semestre do próximo ano, a fabricante pretende acionar todos os motores e sistemas elétricos da aeronave pela primeira vez. Essa etapa visa a preparação para o voo inaugural do CityAirbus, programado para o final de 2018. No início, a aeronave de teste será comandada remotamente, e mais tarde um piloto estará a bordo.

O CityAirbus será projetado para transportar quatro passageiros em rotas fixas a uma velocidade de cruzeiro de 120 km/h. Ele será operado inicialmente por um piloto para facilitar a certificação e a aceitação pública, abrindo o caminho para futuras operações totalmente autônomas. A estreia do aparelho é previsto para 2023.

Tendência na mobilidade urbana

Aeronaves elétricas de controle autônomo prometem invadir as grandes cidades pelo mundo, oferecendo um novo serviço de transporte rápido que vem sendo chamados de “táxis voadores”. Além da Airbus, outros nome importante que está estudando esse conceito é a Uber, em parceria com a Embraer.

Recentemente, um veículo desse tipo, foi testado com sucesso pelos céus de Dubai, nos Emirados Árabes. O modelo em questão foi o Volocopter, projetado pela empresa alemã E-Volo.

O Volocopter é impulsionado por motores elétricos e pode permanecer voando por 30 minutos (Divulgação)

O Volocopter é impulsionado por motores elétricos e pode permanecer voando por 30 minutos (Divulgação)

Outro grupo envolvido nesse tipo de projeto é o fabricante chinês EHang, que também planeja testar seu táxi voador autônomo em Dubai nos próximos anos.

Veja mais: Boeing vai premiar projetos de transporte aéreo pessoal