Cirrus SF-50 Vision Jet: em outubro no Brasil (Divulgação)

A Plane Aviation, representante da fabricante Cirrus Aircraft, confirmou nesta semana que o inovador jato executivo SF50 Vision Jet fará uma turnê pelo Brasil em outubro. A aeronave, de design diferenciado e apenas um motor turbofan, é capaz de levar até 7 passageiros e custa menos da metade de outros concorrentes como o Phenom 100, da Embraer.

O Vision Jet será apresentado entre os dias 6 a 8 de outubro no Hotel Portobello Resort, em Mangaratiba (RJ), que possui pista adequada para esse tipo de aeronave. O jato fará voos de demonstração para clientes e possíveis interessados durante o evento. A vinda do avião da Cirrus, no entanto, não será a única: a Plane Aviation adianta que a partir de dezembro terá uma unidade no país de forma permanente.



O interesse da Cirrus pelo Brasil não é à toa. Dos cerca de 600 clientes do aparelho, cerca de 10% são brasileiros. A previsão é que as primeiras nove unidades sejam entregues no país em 2018, assim que a certificação seja concluída em território nacional – nos EUA, a FAA homologou o jato no final do ano passado.

Monomotor e paraquedas

Mas, afinal, por que o Vision Jet é revolucionário? Por três motivos, o primeiro por ser monoturbina enquanto seus concorrentes são bimotores. Isso leva ao seu peculiar desenho com cauda em “V”, como no clássico Bonanza, e o motor Williams FJ-33 instalado na parte superior da fuselagem, resultando numa cabine espaçosa, capaz de acomodar sete pessoas.

O outro diferencial do SF50 é possuir o sistema de paraquedas de emergência, trazido de seus irmãos menores e a pistão. Por um recurso balístico, o imenso paraquedas é lançado em caso de pane do motor ou qualquer outro dano mais grave que impeça seu voo em segurança. Com isso, o jato da Cirrus compensa a ausência de um segundo motor, como em outros modelos de mesmo porte – ele é o primeiro jato civil a possuir tal recurso.

Essa inusitada configuração também faz do Vision Jet um jato executivo bem mais acessível: seu preço FOB (sem impostos e outros custos) é de menos de US$ 2 milhões. Para se ter uma ideia, a versão 100EV do Phenom custa quase US$ 4,5 milhões.

Veja também: Avião privado que parece caça militar é oferecido no Brasil

O sistema de paraquedas do Cirrus Vision Jet: recurso extra de segurança (Divulgação)