Japão volta a voar! O MRJ realizou um voo de 90 minutos pela costa japonesa (Mitsubishi)

Japão volta a voar! O MRJ realizou um voo de 90 minutos pela costa japonesa (Mitsubishi)

O Mitsubishi Regional Jet, ou apenas MRJ, completou nesta quarta-feira (11) seu primeiro voo. A aeronave decolou do Aeroporto Internacional de Nagoya, no Japão, por volta das 9:30 local e realizou um voo de 90 minutos pela costa e retornou em segurança.

“O desempenho operacional do MRJ foi muito melhor do que esperávamos”, segundo depoimentos dos pilotos que realizaram o primeiro teste com o jato japonês. “Faremos todos os esforços em direção a aquisição dos certificados, empregando todos os nossos recursos para desenvolver e produzir a aeronave para entrar em serviço comercial em 2017”, declarou Hiromichi Morimoto, presidente da Mitsubishi Aircraft Corporation.

Segundo comunicado da Mitsubishi os testes com o MRJ 90, que será a primeira versão a estrear, de maior capacidade, serão transferidos para os Estados Unidos a partir do segundo semestre de 2016 para a fase final de desenvolvimento e obtenção de certificados. Essa segunda fase será realizada nas instalações da empresa no aeroporto de Grant County, em Washington.

Segundo o presidente da empresa, a aeronave já conta com 223 pedidos firmes (já pagos) e opção para 184 unidades. Os primeiros clientes do MRJ serão companhias aéreas do Japão, Estados Unidos e Myanmar.

Jato regional

O Mitsubishi MRJ é um jato específico para operações regionais, viagens de até 1.000 km, e será oferecido em duas versões, o MRJ 70, com capacidade entre 70 e 80 passageiros, e o MRJ 90, para até 96 ocupantes. O modelo de maior porte será lançado primeiro, no segundo semestre de 2017, e a versão mais curta deve estrear até 2019.

Mitsubishi MRJ completa primeiro voo

Quando chegarem ao mercado, os novos aviões da Mitsubishi vão concorrer diretamente com os E-Jets, da Embraer, em especial o modelo E175, que transporta até 86 passageiros, configuração semelhante a do MRJ 90.

A fabricante brasileira, entretanto, em breve terá um novo produto. A Embraer está na fase final do desenvolvimento dos E-Jets 2, nova geração de jatos regionais que promete chegar com índices de consumo de combustível e manutenção mais competitivos.

O MRJ 90 tem capacidade para até 96 passageiros (Mitsubishi)

O MRJ 90 tem capacidade para até 96 passageiros (Mitsubishi)

O MRJ 90 é avaliado em cerca de US$ 42 milhões, enquanto o MRJ 70 custará US$ 34 milhões.

Veja mais: Honda estreia na aviação com aeronave incomum