O Boeing 747-8 é o maior avião já convertido para o uso executivo (BriYYZ/Wikicommons)

O Boeing 747-8 é o maior avião já convertido para o uso executivo (BriYYZ/Wikicommons)

Pensando em comprar um avião para uso pessoal? Pois aqui vai uma sugestão: a família real do Catar colocou à venda seu Boeing 747-8 “semi-novo” com interior executivo, o único de seu tipo convertido desta forma. Segundo o anúncio da aeronave publicado no site Avbuyer, o modelo foi fabricado em 2012 e soma apenas 436 horas de voo e 200 ciclos (decolagem, voo de cruzeiro e pouso).

Originalmente concebido para transportar mais de 500 passageiros em voos comerciais, o 747-8 na versão super VIP do Catar leva apenas uma fração disso. A aeronave conta com espaço para 76 passageiros e tem postos de trabalho para 18 tripulantes. O interior do jato à venda também é um dos mais extravagantes já vistos na aviação executiva, com suítes, salas e até uma pequena clínica médica.



O valor da aeronave não foi divulgado pelo anunciante, que certamente não quer assustar a clientela. Levando em consideração o preço de um 747-8 zero km “pelado”, avaliado em cerca de US$ 370 milhões (R$ 1,4 bilhão), o modelo executivo, que contém mais algumas centenas de milhões de dólares em itens de interior, pode custar o equivalente a mais de R$ 2 bilhões. O jato pode ser visitado em Basel, na Suíça, onde está estacionado já sem a pintura catari.

Para quem achou o 747-8 executivo muito caro, o Qatar tem uma opção mais em conta. A família real do país também colocou à venda seu 747SP, antiga versão de longo alcance do Jumbo. O jato, que soma quase 40 anos de uso, é oferecido por uma quantia mais “módica”: US$ 9,5 milhões (cerca de R$ 38,3 milhões). A aeronave foi anunciada em 2016 e até hoje não surgiu um comprador.

Nem parece o interior de um avião... O 747-8 do Catar pode transportar 76 passageiros (Controller.com)

Nem parece o interior de um avião… O 747-8 do Catar pode transportar 76 passageiros (Controller.com)

Apesar da “liquidação” de aviões, a família real do Catar não vai ficar a pé. Membros da monarquia e autoridades do Emirado são transportados por uma espécie de companhia aérea estatal exclusiva, a Qatar Amiri Flight, que ainda dispõe de três jatos Airbus A319, três A320, dois A330, dois A340 e, acredite, mais três Boeing 747-8.

O 747-8 em configuração VIP é o maior avião de executivo já desenvolvido, uma vez que a Airbus ainda não conseguiu vender nenhuma unidade da versão corporativa do gigante A380, enquanto a Boeing já entregou oito jatos 747 da nova geração nessa configuração.

A família real do Catar ainda tem a disposição outros 3 jatos 747-8 (Controller.com)

A família real do Catar ainda tem a disposição outros 3 jatos 747-8 (Controller.com)

Veja mais: Boeing 747 mais antigo do mundo em serviço é aposentado