A350 da LATAM utilizado pela Qatar Airways: se voar para Doha, companhia aérea não será exatamente uma “novidade” (Reprodução)

A companhia aérea LATAM revelou nesta segunda-feira (18) que estuda estabelecer um voo direto entre São Paulo e Doha, no Qatar. Atualmente essa rota é operada apenas pela Qatar Airways, parceira do grupo sul-americano e com quem tem um acordo de code share.

Apesar de confirmar seu interesse, a LATAM afirmou que avalia a viabilidade operacional de lançar o novo voo, que seria sua segunda frequência para o Oriente Médio além de Tel Aviv – e que estreou justamente este ano.


Caso lance o voo de fato, a presença de aviões com a pintura da LATAM no Aeroporto Internacional Hamad não será exatamente uma novidade. Acionista da LATAM, a Qatar opera hoje alguns dos Airbus A350-900 encomendados pela divisão brasileira e deve receber mais um avião nos próximos dias.

Possivelmente, o A350 deverá ser o jato usado na rota, uma das mais longas operadas para São Paulo com quase 12.000 km de distância de Doha –  apesar de possuir 48 A350, a Qatar prefere voar com jatos Boeing 777-200LR.

Hub internacional

Enquanto não resolve esse assunto, a companhia aérea também anunciou a expansão dos voos internacionais a partir de Lima, no Peru. Desde a semana passada, a LATAM opera um voo diário para Brasília e em dezembro estreará novos destinos como Montego-Bay, na Jamaica, e Porto Alegre. Em 2020, os planos são iniciar a rota Lima-Concepción (Chile) e ampliar as frequências para Assunção (quatro voos semanais) e Miami (três voos semanais).

“As novas frequências e voos vão oferecer aos nossos passageiros ainda mais opções de viagens e melhores conexões a partir de Lima, um dos hubs mais importantes do grupo,” afirmou Roberto Alvo, vice-presidente Comercial do Grupo LATAM Airlines. Segundo a empresa, o hub em Lima operará em 2020 com 145 voos diários para 57 destinos.

Airbus A320 da LATAM (Gabriel Melo)

Veja também: LATAM já vende passagens para o voo entre São Paulo e as Ilhas Malvinas