Os Boeing 777-300ER ainda com pintura da TAM estão entre os aviões que receberão o novo padrão de interior

A LATAM confirmou nesta semana que investirá US$ 400 milhões (R$ 1,6 bilhão) nos próximos três anos para modernizar as cabines de passageiros de dois terços da sua frota de aeronaves. A informação consta do relatório do segundo trimestre de 2018 enviado aos investidores da empresa.

O upgrade no interior de seus jatos já era previsto, sobretudo nas classes executivas dos Boeing 767-300 e 777-300, mas o plano é mais amplo. Inclui, além de pelo menos duas dezenas de widebodies também cerca de 150 aviões da família Airbus A320. Hoje a companhia apresenta assentos e serviços variados, dependendo da idade e origem das aeronaves.


“Como um dos fatores mais importantes na escolha de companhias aéreas e na satisfação dos passageiros, acreditamos que a transformação da nossa experiência a bordo não só ajudará a fortalecer a lealdade com a nossa base existente de passageiros, mas também atrair novos clientes “, explicou Claudia Sender, vice-presidente sênior de clientes.

Segundo o comunicado, até mesmo os novos jatos Boeing 787 e Airbus A350 receberão mudanças para se alinhar ao novo padrão. O projeto contempla um interior mais versátil e personalizado, dependendo da classe.

Embora a companhia ainda não tenha divulgado como será esse novo padrão imagens de uma apresentação interna circulam pela internet e mostram um novo rearranjo na classe executiva, que passaria a ter poltronas individuais e 100% acessíveis pelo corredor.

Como mostrado pelo Airway, a LATAM tem hoje uma das frotas mais antigas do mercado brasileiro. A empresa tem buscado reverter essa situação incluindo um projeto de wifi a bordo aguardado para breve.


Veja também: LATAM vai revezar ses jatos na rota São Paulo-Orlando

Imagem revela que todo os assentos da executiva da LATAM terão acesso direto ao corredor (Reprodução)