(Kratos)

O drone stealth XQ-58A é projetado para operar ao lado de caças tripulados (Kratos)

Uma semana após a Boeing revelar na Austrália o conceito Loyal Wingman, um drone de combate projetado para operar ao lado de caças tripulados, o fabricante norte-americano Kratos Defense saiu na frente e completou nessa quarta-feira (6) o primeiro voo da aeronave não tripulada XQ-58A Valkyrie, projetada para o mesmo fim.

A aeronave decolou lançada a partir de um trilho e voou por 76 minutos. O primeiro teste foi concluído com o drone sendo recuperado de paraquedas. O XQ-58A é um projeto experimental encomendado pelo Laboratório de Pesquisas da Força Aérea dos Estados Unidos (AFRL) e seu voo inaugural aconteceu 2,5 anos após a assinatura do contrato com a Kratos.


Tal como o Loyal Wingman da Boeing, o XQ-58A é projetado com capacidade furtiva para realizar uma série de tarefas de ataque e vigilância complementando a missão de caças tripulados. A fabricante ainda afirma que a aeronave não tripulada é um veículo militar de baixo custo, com preço unitário estimado entre US$ 2 milhões e US$ 3 milhões.

Em entrevista ao Aviation Week, o CEO da Kratos, Eric DeMarco, disse que o XQ-58A foi projetado com uma “filosofia muito diferente” da proposta para o drone de guerra da Boeing. “Eles (a Boeing) estão fazendo o que sabem fazer. Eles estão construindo um drone do tamanho de um caça F-16. O drone deles tem rodas, assim é dependente de uma pista. O nosso é independente de pistas”, explicou o executivo.

O XQ-58A também pode transportar armas internamente e tem alcance 50% maior do que o conceito da Boeing, disse DeMarco – o Loyal Wingman da Boeing é projetado com autonomia de até 3.700 km e seu voo inaugural deve acontecer somente em 2020.

A Kratos possui atualmente 10 programas de aeronaves não tripuladas em desenvolvimento ou já em produção, incluindo drones para serem usados como alvos aéreos em treinamentos. O próximo projeto da empresa a ganhar os céus será outro avião militar não tripulado, o Mako, encomendado pela DARPA, a agência de projetos de pesquisa Avançada de defesa dos EUA.

Veja mais: Marinha dos EUA declara F-35C pronto para combate