A Embraer levou o E195-E2 para o Paris Air Show com a pintura especial “Liontech” (Embraer)

O novo jato E195-E2 da Embraer ganhou seu primeiro grande cliente da Europa. A fabricante anunciou nesta quarta-feira (19) no Paris Air Show a “intenção de compra” da companhia aérea holandesa KLM Cityhooper, subsidiária regional da KLM, para até 35 aviões, sendo 15 pedidos firmes e opções de adquirir outras 20 aeronaves do mesmo modelo.

O acordo entre as duas partes ainda exige um Contrato de Compra, cujo valor pode alcançar US$ 2,48 bilhões se todos os direitos de compra forem exercidos pela KLM. O pedido será adicionado à carteira de pedidos da Embraer assim que o contrato firme for concluído, informou a fabricante.


“Com uma frota de 49 E-Jets, a KLM já é a maior operadora da Embraer na Europa e adicioná-la à família E2 de operadores seria um grande voto de confiança em nosso atendimento pós-venda e no programa E2. A aeronave usa 30% menos combustível por assento em comparação aos atuais E190 da KLM Cityhopper. E, em termos de ruído, a aeronave é a mais silenciosa de sua classe, tanto internamente para os passageiros quanto externamente, por uma margem significativa”, disse John Slattery, presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial.

A KLM Cityhooper é a quarta companhia aérea que inicia o processo de compra do E195-E2. Certificado recentemente pela ANAC e órgãos reguladores dos Estados Unidos e Europa, o novo jato da Embraer vai estrear no segundo semestre deste ano com a Azul, que encomendou 51 unidades. A aeronave também tem pedidos da empresa Air Peace, da Nigéria, e da Binter Canarias, da Espanha.

A KLM é o maior operador de jatos da Embraer na Europa com 49 aeronaves em serviço (KLM)

“A Embraer tem sido um parceiro fundamental para a KLM e a KLM Cityhopper nos últimos dez anos. Nossos clientes apreciam o E190 e o E175. O E2 seria uma adição bem-vinda à frota da KLM, proporcionando maior flexibilidade de capacidade e ajudando a reduzir custos. Além disso, o ecoeficiente E195-E2 também suporta os nossos objetivos de sustentabilidade com níveis mais baixos de ruído e emissões”, disse Pieter Elbers, presidente e CEO da KLM.

Veja mais: Embraer apresenta novo “avião-radar” baseado no Praetor 600