Boeing KC-767

A Força Aérea Italiana aproxima-se da introdução em serviço do seu novo tanque/transporte KC-767A, com Boeing que demonstrou a capacidade do tipo de receber o combustível de outra aeronave.
Conduzido a partir das instalações da Boeing em Wichita no Kansas no dia 17 de dezembro, o voo de testes marcou o ensaio de reabastecimento do segundo modelo do KC-767 (encomendado de quatro aparelhos) que pode receber mais de 4.540 kg de combustível aeronáutico de uma vez.

Um total de sete contatos foram realizados na missão usando o boom caraterístico da aeronave reabastecedora, disse a empresa americana. Esse contrato de compra pelos italianos foi assinado em dezembro de 2002 como o país europeu sendo o primeiro cliente do KC-767 mas o cronograma de entrega estipulava entregas entre 2005 até início de 2008, mas essa agenda foi alterada significativamente por motivo de vários desenvolvimentos encontrados durante os testes em voo modificando a aeronave widebody.


A Boeing disse pela sua assessoria de imprensa que dois KC-136 Italianos seriam entregues no final de 2008 mas errou na revisão do cronograma. Outras duas aeronaves romanas ainda estão em produção. O Japão é segundo cliente da Boeing do tanque KC-767 que já possui quatro aparelhos em operação.