O V-280 é a proposta da Bell para o programa FVL do Exército dos EUA para substituir o Black Hawk (Bell Helicopter)

O V-280 é a proposta da Bell para o programa FVL do US Army para substituir o Black Hawk (Bell Helicopter)

A Bell Helicopter, uma das mais tradicionais fabricantes de helicópteros do mundo, está prestes a iniciar uma nova era no segmento das aeronaves de asas rotativas com o exótico V-280 “Valor”. Projetado para ser o helicóptero mais rápido do mundo, o modelo de última geração deve realizar seu voo inaugural entre o final de outubro e início de novembro deste ano, a partir da sede da empresa em Amarillo, nos Estados Unidos.

O V-280 é a proposta da Bell para o programa FVL (Future Vertical Lift – Futuro Elevador Vertical) do Exército dos EUA (US Army), que busca um novo helicóptero para substituir o Sikorsky UH-60 Black Hawk, do qual dispõe de mais de 2.300 unidades, a partir de 2030. O UH-60 ainda é operado pela força aérea e a marinha dos EUA e também por forças militares de outros 25 países, incluindo o Brasil.



O V-280 usa a tecnologia dos rotores basculantes, já utilizada no Boeing V-22 Osprey, que proporciona ao helicóptero um desempenho típico de avião. Comparado ao UH-60, a nova aeronave da Bell será duas vezes mais rápida e terá autonomia triplicada: o modelo é projetado para voar a 560 km/h e percorrer cerca de 3.800 km.

Segundo a fabricante, a equipe de desenvolvimento do V-280 está perto de concluir os testes em solo, que inclui a ativação do motores de 5.000 cavalos de potência e os primeiros ensaios de elevação, que serão considerados como o primeiro voo não oficial da aeronave. Nessa etapa, o aparelho será elevado a uma altitude máxima de aproximadamente 10 metros.

O V-280 terá capacidade para transportar 14 soldados ou até 4.500 kg de cargas (Bell Helicopter)

O V-280 terá capacidade para transportar 14 soldados ou até 4.500 kg de cargas (Bell Helicopter)

“O V-280 vai revolucionar as operações militares através de sua velocidade, alcance e carga útil”, declarou Vince Tobin, vice-presidente executivo da Bell para assuntos militares. Como explicou o executivo, o aparelho poderá atuar em missões de busca e salvamento, transporte de tropas e materiais e também operações de ataque.

O desenvolvimento do V-280 foi iniciado em 2012 e a construção da aeronave começou três anos depois. De acordo com o cronograma da fabricante, após a conclusão dos testes de desempenho e certificação, a produção em série do aparelho pode ser iniciada já em 2020.

O Boeing SB-1 é a outra proposta sugerida ao programa VFL do US Army (Boeing)

O Boeing SB-1 é a outra proposta sugerida ao programa FVL do US Army (Boeing)

A aquisição do V-280 pela forças armadas dos EUA ainda não é certa. A proposta da Bell, que é mais adiantada até o momento, concorre no programa FVL com o Boeing SB-1 Defiant, um helicóptero que também exibe um formato diferenciado e desempenho elevado.

Veja mais: Conheça os helicópteros mais letais do mundo