A Gulf Air opera atualmente em 50 destinos internacionais a partir do Bahrein (Chris Lofting)

A liberação para criar companhias aéreas no Brasil com 100% de capital estrangeiro está abrindo novas possibilidades no mercado nacional. Além do interesse da Globalia (grupo que controla a companhia espanhola Air Europa), outra empresa aérea estrangeira que cogita atuar no país é a Gulf Air, do Bahrein, conforme apontou o site Melhores Destinos.

“Identificamos uma demanda latente sobre a necessidade de mais uma companhia área no mercado nacional. Gostaríamos de informar que as conversas a partir da Câmara Bahrein-Brasil são sim para que a Gulf Air possa operar também em rotas domesticas”, informou o presidente da Câmara do Comércio, Indústria e Turismo Brasil-Bahrein, citado pela publicação.


A entrada da Gulf Air no mercado nacional vem sendo analisada pelo ministério do turismo brasileiro e autoridades do Bahrein, que estiveram recentemente em Brasília para discutir sobre a atração de investimentos para o Brasil.

A companhia aérea do Golfo Pérsico também negocia com o ministério do turismo o lançamento de voos entre o Bahrein e o Brasil. Se confirmado, este será o primeiro trecho da empresa árabe para um país nas Américas.

O hub da Gulf Air fica no aeroporto internacional de Muharraq, onde tem disponível voos para 50 destinos internacionais na Ásia, Europa e África.

Veja mais: Flybondi voará de Buenos Aires para Florianópolis a partir de dezembro