Aeroporto de Guarulhos: único na região a entrar no ranking (GF)

Mesmo distante dos seus melhores tempos antes da crise econômica, o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, ainda mantém-se entre os hubs mais importantes do mundo. A consultoria OAG, especializada em analisar dados sobre voos comerciais, divulgou o anuário “Megahubs International Index”, que traz os 50 aeroportos internacionais mais conectados do mundo. E o aeroporto paulista, o maior do país, com cerca de 36 milhões de passageiros transportados em 2016, obteve a 42ª colocação no ranking elaborado pela consultoria.

Com índice 120, Guarulhos superou aeroportos como o de Montreal e de Moscou, mas terminou atrás de dois aeroportos latino-americanos, o Benito Juárez, na Cidade do México (21º com índice 176), e o El Dorado, de Bogotá (41º com índice 127). O primeiro colocado nos critérios da OAG foi o aeroporto de Heathrow, em Londes, com índice 379.



Segundo a consultoria, na metodologia empregada são analisados fatores como conexões internacionais simples e que ocorram numa janela máxima de 6 horas entre os voos. Os dados referem-se a agosto de 2016 a julho de 2017. Na prática, o índice revela o potencial de conexões que um passageiro encontrará em cada um desses aeroportos e não exatamente a quantidade de destinos operados nesses terminais.

Guarulhos também é citado no ranking que inclui apenas as conexões “low-cost” (baixo custo). Nessa lista, o aeroporto brasileiro figura na 23ª posição em 25 divulgados – O aeroporto de Kuala Lumpur, na Malásia, é o primeiro colocado.

Veja alguns fatos apontados pela OAG:

  • No aeroporto de Heathrow um passageiro tem a seu alcance nada menos do que 72 mil possibilidades de conexões num intervalo de seis horas, um número muito superior a qualquer outro terminal no mundo – a aeroporto londrino foi, no entanto, apenas o 3º mais movimentado do mundo em 2016, porém, o segundo em tráfego internacional, atrás apenas de Dubai.
  • Frankfurt (Alemanha) e Amsterdam (Holanda) ocupam a 2ª e 3ª colocações, o que demonstra que os aeroportos europeus, por terem muitos voos internacionais com alcance semelhante ao de voos nacionais no Brasil, acabam aparecendo melhor no ranking da OAG.
  • 12 dos 50 aeroportos mais conectados estão nos Estados Unidos, sendo que sete deles fazem parte dos 25 com maiores pontuações no ranking. O´Hare, em Chicago, e Toronto, no Canadá, lideram os aeroportos na América do Norte.
  • Mesmo considerado o aeroporto com maior movimento internacional do mundo, Dubai figura apenas  em 20º no ranking da OAG.
  • Destino turístico mundial, San Juan, em Porto Rico, é o único aeroporto no Caribe a entrar na lista.

Confira a lista completa dos aeroportos internacionais mais conectados de 2017:

Fonte: OAG

Veja também: Aeroporto de Congonhas será concedido à iniciativa privada