O Cessna SkyCourier é projetado para transportar até 19 passageiros ou 2.700 kg de carga (Textron)

O Cessna SkyCourier é projetado para transportar até 19 passageiros ou 2.700 kg de carga (Textron Aviation)

O grupo Textron Aviation anunciou nesta terça-feira (28) o lançamento do programa de desenvolvimento e produção do novo bimotor turbo-hélice Cessna SkyCourier 408. Segundo o fabricante dos Estados Unidos, a aeronave, do segmento utilitário, é projetada para entrar em serviço a partir de 2020.

O primeiro operador do SkyCourier será a companhia de carga FedEx, dos EUA. A empresa, que também participa do participa do projeto, já encomendou 100 unidades da aeronave (entre pedidos firmes e opções de compra) com a tradicional marca da Cessna, que desde 2014 faz parte da Textron Aviation, grupo que também dirige a Beechcraft e a Hawker.


“A aeronave vai ocupar uma lacuna neste segmento de mercado com seu desempenho superior e baixos custos operacionais, em combinação com a flexibilidade da cabine, capacidade de carga útil e eficiência, algo que apenas um design em folha limpa pode oferecer”, declarou Scott Ernest, presidente e CEO da Textron.

O SkyCourier será oferecido em versões para transporte de passageiros ou de carga. De acordo com informações preliminares do fabricante, o novo avião poderá ser configurado para voar com até 19 ocupantes ou transportar 2.722 kg de carga. A Textron também divulgou as medidas do bimotor: 16,7 metros de comprimento, 21,9 m de envergadura de asas e 6 m de altura.

O SkyCourier tem 21,9 metros de envergadura (Textron)

O SkyCourier tem 21,9 metros de envergadura; cada motor turbo-hélice vai gerar 1.100 hp (Textron Aviation)

Ainda de acordo com o grupo americano, a velocidade de cruzeiro da aeronave é estimada em 370 km/h e a autonomia em cerca de 1.670 km. O avião ainda poderá pousar e decolar em pistas com apenas 1.000 metros de comprimento.

O novo modelo da Cessna ainda é equipado com trem de pouso fixo, o que sugere capacidade para operar em aeródromos com pistas austeras. Outro recurso do SkyCourier que ajuda nessas situações são os motores e a asa em posições elevadas.


A FedEx será o primeiro operador do SkyCourier, transportando cargas (Textron Aviation)

A FedEx será o primeiro operador do SkyCourier, transportando cargas (Textron Aviation)

Como outros aviões utilitários, o novo produto da Textron será impulsionado por dois motores Pratt & Whitney Canada da série PT6A, o motor turbo-hélice mais usado no mundo. Outras aeronaves equipadas com variações desse propulsor são o bimotor Twin Otter, da Viking Air, ou mesmo o monomotor Cessna Caravan. A versão destinada ao SkyCourier (o PT6A-65SC) pode gerar até 1.100 cavalos de potência.

Veja mais: Voamos no Twin Otter, o “jipe” com asas