Projeção do people mover que deve ligar o Aeroporto de Guarulhos com linha de trem em São Paulo (ARUP)

Após prometer em 2013 entregar um “people mover” para ligar o Aeroporto de Guarulhos à linha de trens da CPTM e não cumprir com o combinado, a GRU Airport confirmou nesta terça-feira (28) que o projeto será implantado até maio de 2021. O anúncio foi feito pelo governador do estado de São Paulo, João Doria.

A ligação entre a Linha 13-Jade da CPTM, a companhia de trens metropolitanos paulista, foi inaugurada em abril de 2018, mas a estação mais próxima dos terminais principais fica a cerca de 2 km, o que obriga os passageiros a utilizarem ônibus fornecidos pela GRU Airport. A solução tem desagrado os usuários, que demoram muito tempo para chegar à estação, além do desconforto de manusear bagagem pelo longo caminho.


Originalmente, o governo do estado havia projetado a linha para ter uma estação em frente ao atual Terminal 2, mas a GRU Airport descartou a possibilidade ao assumir o aeroporto. A alegação é que a área onde ficaria a estação seria usada para a construção de um centro de convenções e shopping. Como compensação, a concessionária se comprometeu a construir o “people mover” que seria entregue um dia antes da abertura da linha de trem, segundo o presidente da empresa na época.

No entanto, a GRU não só não conseguiu tirar do papel o empreendimento em frente ao aeroporto como também “esqueceu” do monotrilho. Com dívidas elevadas por conta da outorga anual de R$ 1 bilhão pagas ao governo federal, a concessionária mudou sua postura a respeito da ligação.

E foi justamente a outorga que possibilitará que o projeto seja lançado a partir de setembro deste ano. O governo federal concordou em dar um “desconto” de R$ 175 milhões no pagamento para custear a obra.

Possível trajeto do monotrilho da GRU Airport (ARUP)

Viagem de 6 minutos


Segundo o governo, o people mover terá um percurso de 2,6 km e quatro paradas – nos três terminais e na estação de trem. Ele será controlado de forma automática e capaz de transportar 2.000 pessoas por hora em cada sentido. A ideia é que um deslocamento do aeroporto até o centro de São Paulo leve de 40 a 52 minutos, dependendo do local e horário. Hoje esse tempo varia muito por conta das inúmeras trocas de trem.

Se sair de fato do papel, Guarulhos será o segundo aeroporto do Brasil a ter um sistema de transporte leve que leva os passageiros até uma linha de trem. A única cidade que conta com esse equipamento é Porto Alegre onde o Aeromóvel, um projeto nacional, funciona entre o Aeroporto Salgado Filho e a linha de trem da Trensurb.

Aeromóvel de Porto Alegre: pioneiro e único

Novo pátio em julho

O atual presidente da GRU Airport, Gustavo Figueiredo, aproveitou a entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes para anunciar que o novo pátio de aeronaves que antecede a construção do píer de expansão do Terminal 3 será entregue em julho, ampliando significativamente as posições de estacionamento do aeroporto.

Figueiredo também revelou que a concessionária já conversa com algumas companhias aéreas estrangeiras que têm interesse em aproveitar a abertura do mercado doméstico de aviação. Ele, no entanto, não listou nenhum nome, mas aproveitou para elogiar a redução do ICMS promovida pelo governador Doria que tem permitido o lançamento de vários voos partindo de Guarulhos.

No alto, a estação de trem, que fica distante cerca de 2 km dos terminais principais de Guarulhos

Veja também: Maior aeroporto do país, Guarulhos incia nova fase de expansão