A Gol vai receber 120 jatos 737 MAX até 2028 (Gol/Portal Ponte Aérea)

A Gol vai receber 120 jatos Boeing 737 MAX 8 até 2028 (Gol/Portal Ponte Aérea)

A companhia aérea Gol recebeu, no último sábado (30) seu primeiro jato Boeing 737 MAX 8 de uma encomenda de 120 unidades com o fabricante. O pouso foi realizado no aeroporto internacional de Belo Horizonte-Confins (MG). A chegada dessa aeronave está em linha com o plano de modernização da frota da companhia, que será completamente renovada até 2028, informou a empresa.

“A entrega do nosso primeiro Boeing 737 MAX 8 é um marco significativo para a Gol. O grande diferencial desta aeronave é a economia de combustível que ele proporcionará à companhia, assim que entrar na malha, a partir de agosto. Além disso, amplia as oportunidades de expansão internacional da companhia, podendo oferecer voos diretos do Brasil para qualquer destino na América Latina e Flórida, como Miami e Orlando, disponíveis a partir de novembro deste ano”, afirma Celso Ferrer, vice-presidente de planejamento da Gol.


As melhorias incorporadas a nova geração do 737 reduzem seu consumo de combustível em cerca de 15% comparado ao modelo anterior (o 737-800 Next Generation). O modelo MAX 8, o primeiro da nova família lançado pela Boeing, tem autonomia de voo de 6.500 km, mais de 1.100 km extras que o 737-800, hoje o principal avião da Gol.

O novo jato da Gol é configurado com 186 assentos e também já vem equipado com a antena que permite aos passageiros acessarem internet durante os voos por meio de seus smartphones, tablets e notebooks.

Os 737 MAX 8 da Gol  vêm com cabines com espaço para até 186 passageiros (Gol/Portal Ponte Aérea)

Os 737 MAX 8 da Gol vêm com cabines com espaço para até 186 passageiros (Gol/Portal Ponte Aérea)

Até o momento, a companhia já confirmou que vai usar o novo 737 MAX em voos para Orlando e Miami, nos EUA, a partindo de Brasília (DF) e Fortaleza (CE), a partir de novembro deste ano. A aeronave também está confirmada na rota entre São Paulo e Quito, no Equador, que começa em dezembro.

A Gol é a segunda companhia aérea da América Latina a receber o novo 737 MAX. A primeira empresa da região a contar com a aeronave foi a Aerolíneas Argentinas, que por sua vez já utiliza o jato em voos para o Brasil.


Veja mais: Delta pode ser cliente lançador do Boeing 797