Logo da Gol

A Gol decidiu reativar um dos seus 767 parados. A companhia aérea passou a usá-lo em voos charter para o Caribe. Por enquanto, são três voos semanais para Cancun e Punta Cana, partindo de Guarulhos e Manaus, mas a empresa quer usar mais aparelhos.

A empresa decidiu parar de operar voos internacionais com a Varig, exceto para a América Latina, devido aos maus resultados e à falta de uma malha aérea viável após assumir a ex-maior companhia aérea do Brasil.


O aparelho reativado é o 767-300ER prefixo PR-VAB e, segundo se comenta, a Gol não tem intenção de usá-lo em linhas regulares por enquanto. A empresa passou a voar para o Caribe em voos charters a partir de julho do ano passado com o Boeing 737NG.