Um avião da FAB será enviado a ilha de Saint Martin (FAB)

Um avião da FAB será enviado a ilha de Saint Martin (FAB)

O governo brasileiro decidiu deslocar um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para resgatar os brasileiros que se encontram na ilha de Saint Martin, no Caribe, nesta terça-feira (12). A ilha foi uma das mais atingidas pelo Furacão Irma. A afirmação é do Ministério das Relações Exteriores (MRE), que divulgou nota na noite deste domingo (10).

O ministério vem monitorando a situação dos brasileiros afetados pela passagem do Irma nas ilhas de Saint Martin, Tortola e Turcas e Caicos, que apresentaram situação de colapso total ou parcial da infraestrutura de transportes, comunicações e abastecimento.

Até o momento, foram registrados pouco mais de 60 brasileiros nessas três ilhas, cerca de 30 em Saint Maarten (lado holandês de Saint Martin), 2 em Saint Martin (lado francês), 22 em Tortola e 11 em Turcas e Caicos.

Segundo o Itamaraty, estão em curso ações para possibilitar a retirada dos brasileiros que se encontram em territórios britânicos, em coordenação com governo do Reino Unido, uma vez que a pista do aeroporto de Tortola, uma das Ilhas Virgens Britânicas, não permite aterrissagem nas condições atuais.

Para atender os brasileiros que se encontram na região, foi montada uma rede de comunicação em tempo real com todos os postos da rede consular diretamente responsáveis. Até o momento, o núcleo de atendimento e os postos no exterior já receberam centenas de ligações e mensagens de brasileiros que se encontram nas regiões afetadas e de seus familiares e amigos.

De acordo com o Ministério, nas primeiras horas após a passagem do furacão, foi solicitado às Embaixadas do Brasil na França, nos Países Baixos e no Reino Unido que realizassem contato urgente com as respectivas chancelarias, para verificar o plano de socorro e evacuação dos nacionais nas respectivas ilhas, no intuito de verificar a possibilidade de inclusão de brasileiros naquelas operações.

Fonte: Portal Planalto

Veja mais: Boeing envia 747 para ajudar pessoas a fugir do furacão Irma