A Zee.Aero já patenteou algumas ideias de carros-voadores; cabe até na vaga do supermercado... (Zee.Aero)

A Zee.Aero patenteou ideias de carros voadores; o modelo cabe até na vaga do shopping… (Zee.Aero)

Dependendo de quem está por trás do projeto, a aposta pode valer a pena. Larry Page, co-fundador e ex-presidente do Google, está investindo discretamente milhões de dólares de sua fortuna pessoal em dois projetos de carros voadores. Segundo reportagem da agência Bloomberg, Page já gastou cerca de US$ 100 milhões nas startups Zee-Aero e Kitty Hawk.

Considerado um dos maiores visionários da atualidade ao lado de nomes como Elon Musk, fundador da Tesla Motors e SpaceX, e Jeff Bezos, criador da Amazon, Larry Page é uma daquelas pessoas que costumam dar tiros certeiros no mundo da tecnologia. Em outras palavras, essa pode ser a grande chance dos carros voadores finalmente decolarem.


Para idealizar os projetos, Page reuniu alguns dos mais brilhantes jovens projetistas aeronáuticos da indústria. A Zee.Aero, fundada em 2010, recrutou engenheiros da Boeing, SpaceX e até da Nasa. A empresa já patentou uma série de projetos e também testou modelos não tripulados em escala reduzida no Vale Silício, a agitada zona tecnológica da Califórnia.

A Zee.Auto, assim como Larry Page, trabalham discretamente em seus carros voadores. A sede da empresa é um prédio branco de dois andares e “feio”, como definiu a Bloomberg. Porém, fontes ouvidas pela reportagem revelaram que os escritórios do “prédio feio” são decorados com obras de arte da coleção do ex-CEO do Google, algumas muito valiosas.

A empresa financiada por Page ainda não revelou nenhum detalhe sobre seus projetos, apesar de protótipos já terem sido vistos e ouvidos. Testemunhas que presenciaram os testes revelaram que o ruído dos aparelhos voando é parecido com o de uma “sirene de alarme de ataque aéreo”, como apurou a agência.

Protótipos da Zee.Aero já foram flagrados e ouvidos... (SlashGear)

Protótipos da Zee.Aero já foram flagrados e ouvidos… (SlashGear)

Desenhos das patentes da Zee.Auro e o barulho de sirene sugerem um veículo possivelmente equipado com motorização elétrica, espaço para apenas um ocupante e compacto ao ponto de caber em vagas de estacionamento, ao lado de carros convencionais. O design e posição dos motores também indicam que o aparelho foi projetado para decolar e pousar verticalmente, como um helicóptero.


Segundo a reportagem, funcionários da Zee.Aero não chamam Larry Page pelo nome, mas sim de “GUS”, sigla em inglês para o “o cara lá de cima”, para manter a discrição do “chefe”. A empresa fica instalada em Montain View, no mesmo bairro da base original do Google. Andando mais um 1 km, você chega a Kitty Hawk, a outra startup de carros voadores de Page.

Será que vai funcionar? A Zee.Auro trabalha nesse projeto desde 2010 (Zee.Aero

Será que vai funcionar? A Zee.Auro trabalha nesse projeto desde 2010 (Zee.Aero)

A exemplo da primeira empresa, sabe-se pouco, para não dizer quase nada, sobre a Kitty Hank. A empresa foi fundada em 2015 e o quadro de funcionários é composto basicamente por ex-projetistas da Zee.Aero. A reportagem ainda cogita o envolvimento do alemão Sebastian Thrun, um dos principais responsáveis pelos carros autônomos do Google. Seria essa uma tentativa de carro autônomo voador?

99 anos de fracassos

A ideia do carro voador vem acompanhando a história da aviação praticamente desde o seu início. A revista Popular Mechanics, em circulação nos Estados Unidos desde 1902, publicou o primeiro artigo sobre um carro voador, em 1917. O modelo era o Curtiss Autoplane, que nunca voou. Nos anos seguintes até os tempos atuais, diversos outros projetos foram concebidos, mas nunca nenhum apresentou uma solução realmente prática e compacta, como é o automóvel, e sobretudo segura.

O Custiss Autoplane, de 1917, foi a primeira tentativa de fazer um carro voar (Domínio Público)

O Custiss Autoplane, de 1917, foi a primeira tentativa de fazer um carro voar (Domínio Público)

Além de Larry Page, outro interessado em carros voadores é Elon Musk. Recentemente, o mega-empreendedor revelou que poderia desenvolver um carro voador, “mas apenas por diversão”. Levando a sério ou não, com esses grandes nomes envolvidos, os carros têm boas chances de finalmente decolarem, ou quem sabe até serem reinventados.

Veja mais: Lilium Jet poderá decolar do jardim de sua casa