Boeing/Sikorsky RAH-66 Comanche

Os oficiais da aviação do exército estão prestes a lançar uma nova onda de programas de modernização e estão pressionando para captar mais pacotes orçamentários e apagar as manchas de um recente fiasco de aquisição. Talvez nenhum outro setor da aviação do exército se beneficiou mais da modernização desde as décadas passadas.

O encerramento do contrato do projeto Boeing/Sikorsky RAH-66 Comanche em 2004 mudou o foco para outras grandes prioridades e transferiu todo o orçamento do helicóptero stealth no valor de 14.6 bilhões de dólares para financiar outros projetos.


Cinco anos depois, o orçamento que seria destinado ao Comanche já fui gasto. Muitos projetos incluindo os helicópteros utilitários leves e aeronaves da carga de asa fixa, foram beneficiados com a disponibilidade desviada desse orçamento. O exército designou a Bell em um contrato assinado no valor de 6 bilhões de dólares para modificar 407 helicópteros civis para funções militares, além de produzir 512 ARH-70 Arapahos. Mas o contrato se tornou um fiasco no final de novembro passado, quando oficiais da arma desfizeram o contrato depois que os estudos de desenvolvimento triplicaram.

Oficiais do exército americano estão propondo agora um plano em três partes que mantém a viabilidade da frota de helicópteros de escolta, disse o Ten. Gen. Stephen Speakes, diretor de pedidos do exército. “Precisamos de todo o dinheiro do ARH para tocar o que achamos agora uma mudança para fins mais sofisticados”, disse ele no simpósio da Associação de Aviação do Exército Dos Estados Unidos em Arlington, Virgínia no início deste mês. O novo plano é estender a vida dos Kiowa Warrior até 2020, que teriam modernizados seus sistemas de vigilância, sobrevivência em campo e aviônica da frota dos OH-58D.

O exército também quer converter todos os OH-58A e C para Kiowa Warrior padrão, que incluiria a modernização dos motores e sistema de de controle de fogo. Finalmente também será proposto o relançamento do programa ARH, com os concorrentes AgustaWestland A109 ou A119, Bell 407, Boeing AH-6S Phoenix e uma versão armada do helicóptero utilitário leve EADS North America UH-72 como candidato em potencial.