O 100º A380 da Emirates foi entregue na sede da Airbus na Alemanha (Airbus)

O centésimo A380 da Emirates foi entregue na sede da Airbus na Alemanha (Airbus)

A companhia aérea Emirates Airline recebeu nesta sexta-feira (3), na sede da Airbus em Hamburgo, na Alemanha, o seu centésimo jato A380, o maior avião de passageiros do mundo. A empresa de Dubai há muito tempo já é o principal cliente da aeronave, com uma frota que supera e muito a dos segundo e terceiro maiores operadores do modelo, a Singapore Airlines, que possui 19 unidades, e a Lufthansa, com 14 jatos.

A cerimônia de entrega reuniu o alto escalão da companhia aérea e da fabricante. O Sheikh Ahmed bin Saeed Al-Maktoum, CEO da Emirates e irmão do rei de Dubai, afirmou que “o A380 trouxe a experiência de voo para os passageiros para um novo nível. O avião em si é uma maravilha da engenharia. Nossos tripulantes e passageiros adoram voar nele”.


Desde 2008, quando iniciou os serviços com o A380, a Emirates formou um grupo com mais de 1.500 pilotos e transportou mais de 85 milhões de passageiros. A companhia atende atualmente 42 cidades com o gigante da Airbus. Em São Paulo, o voo regular da empresa árabe com o modelo foi iniciado em março deste ano.

“Estamos extremamente orgulhos pelo longo relacionamento com a Emirates. A parceria com a companhia faz parte integral do programa A380”, declarou Tom Enders, chefe-executivo da Airbus, no evento de entrega da aeronave. “Isso é uma imensa fonte de satisfação para todos na Airbus que uma companhia visionária tenha acreditado no A380 desde o seu início”, completou.

Segundo a Airbus, somente o pedido da Emirates, que ainda tem 42 A380 a receber, gera sozinho 41.000 empregos diretos e indiretos na Europa, incluindo cerca de 14.500 somente na Alemanha. A aeronave, que completou recentemente 10 anos na aviação comercial, voa atualmente com 13 companhias aéreas. Ao todo, a fabricante entregou 216 unidades do maior avião de passageiros do mundo desde 2007.

Uma das 42 cidades atendidas pelo A380 da Emirates é São Paulo, com voos diários (Emirates)

Uma das 42 cidades atendidas pelo A380 da Emirates é São Paulo, com voos diários (Emirates)

Homenagem ao grande líder


O centésimo A380 da Emirates foi entregue a tempo para participar dos festejos do “Ano do Zayed”, com um pintura especial em homenagem aos 100 anos do Sheikh Zayed bin Sultan Al Nahyan, principal colaborador na fundação dos Emirados Árabes Unidos (EAU) e primeiro presidente do pais, fundado em 1971. Zayed nasceu em 6 de maio de 1918 e morreu em 2004, quando o comando na nação, que reúne os emirados de Abu Dhabi, Catar e Dubai, foi passado ao seu filho, Khalifa bin Zayed al Nahyan.

A nova aeronave recebida pela companhia é configurada com 516 assentos, sendo 14 “suítes privadas” de primeira classe, 76 assentos na classe executiva e mais 426 lugares na classe econômica. O avião com pintura ao líder árabe tem a mesma configuração da versão empregada pela empresa no voo para o Brasil.

O A380 com a pintura especial tem a mesma capacidade de passageiros do modelo que voa para o Brasil (Airbus)

O A380 com a pintura especial tem a mesma capacidade de passageiros do modelo que voa para o Brasil (Airbus)

Nota do editor: A região hoje ocupado pela fábrica da Airbus em Hamburgo no passado foi uma antiga linha de montagem de aviões da Alemanha nazista. Lá que foi construído o BV 238, o maior avião que voou durante os anos da Segunda Guerra Mundial.

Veja mais: Maior avião do mundo passado, lendário Spruce Goose completa 70 anos