A Emirates é dona da maior frota de A380, com 100 jatos em operação (Airbus)

A Emirates é o maior cliente do A380, com 123 aeronaves encomendadas (Airbus)

A Emirates Airline já colocou em prática o plano de aposentar seus jatos Airbus A380. Recentemente, a empresa desativou duas aeronaves para serem usadas como fonte de reposição de componentes para os aparelhos que seguem em operação. A companhia aérea de Dubai, que recebeu seus primeiros exemplares do avião em 2008, tem atualmente 112 modelos A380 na frota.

“Você começará a ver os A380 saindo da nossa frota por várias razões, e sempre dissemos isso”, disse Tim Clark, presidente da Emirates Airline, ao Flight Global. “Eles estão sendo tratados mês a mês, cauda a cauda, ​​sob um cronograma de aposentadoria que já está bem planejado.”


A Emirates opera os A380 em uma combinação de arrendamentos operacionais e financeiros, explicou o presidente da companhia. “Temos aeronaves saindo (da frota) quando seus arrendamentos operacionais terminam ou quando seus arrendamentos financeiros se transformam em propriedade total (da companhia).”

A frota de A380 da Emirates ainda deve atingir um pico antes de começar a declinar para cerca de 90 a 100 aeronaves em meados da próxima década. Em fevereiro, a empresa reduziu seu pedido de 162 aeronaves para 123, após a Airbus ter anunciado que vai encerrar a produção do quadrirreator em 2021. A companhia aérea de Dubai, que recebeu seus primeiros exemplares do avião em 2008, tem atualmente 112 modelos A380 na frota.

Apesar da Emirates ter iniciado a retirada gradual dos A380, o presidente da companhia enfatizou que a aeronave permanecerá voando com as cores da empresa por muitos anos. “Essa aeronave ainda estará voando com a Emirates em 2035. Portanto, o A380 continuará sendo um componente importante de nossa frota pelos próximos 15 anos, pelo menos.”

A companhia dos Emirados Árabes Unidos também abandonou os planos de instalar novas suítes de primeira classe na aeronave. Por outro lado, a Emirates vai começar a renovar a cabine de classe econômica de seus A380 no final de 2019.


Veja mais: Air France vai aposentar seus Airbus A380 em 2022