A Emirates é o maior operador do A380, com mais de 100 unidades na frota (Airbus)

A Emirates é o maior operador do A380, com mais de 100 unidades na frota (Airbus)

A companhia aérea Emirates Airline confirmou nesta segunda-feira (12), durante a sexta edição do World Government Summit, em Dubai, o pedido firme por 20 jatos Airbus A380 e opção para mais 16 unidades. A negociação, cujo valor pode alcançar até US$ 16 bilhões, havia sido iniciada em janeiro deste ano, com a assinatura de uma carta de intenção de compra.

Segundo a Airbus, as entregas do novo pedido da Emirates serão iniciadas a partir de 2020. A companhia aérea de Dubai é atualmente o maior operador do A380, com 101 unidades na frota.



“Este acordo ressalta nosso compromisso com o programa A380, proporcionando estabilidade à linha de produção do modelo e apoiando milhares de empregos de alto valor em toda a cadeia de fornecimento da aviação. Para a Emirates, o A380 tem sido uma aeronave de sucesso para nosso clientes, nossas operações e nossa marca. Estamos ansiosos para continuar trabalhando com a Airbus para aprimorar ainda mais a aeronave e o produto a bordo”, celebrou o Sheik Ahmed bin Saeed Al Maktoum, CEO e diretor-executivo da Emirates.

O novo pedido foi um grande alívio para a Airbus, que desde 2015 não recebia encomendas pelo maior avião de passageiros do mundo. Com o novo cronograma, a produção do A380 pode continuar ativa até 2027 ou 2029, no caso da Emirates decidir adquirir as 16 unidades opcionais previstas no contrato.

Com a nova encomenda da Emirates, a Airbus agora tem 115 exemplares do A380 a serem entregues, sendo 61 deles destinadas justamente a empresa de Dubai. Outros clientes que ainda vão receber a aeronave são o grupo irlandês Amadeo, especializado em leasing de grandes aviões, com 20 unidades, e as companhias aéreas Qantas, da Austrália, que aguarda a entrega de oito jatos, e a Virgin Atlantic, do Reino Unido, que encomendou seis aparelhos. Há também outras 10 aeronaves encomendadas por clientes ainda não identificados.

A Airbus já entregou 222 A380 para 13 companhias aéreas. O número é bem distante da expectativa que a fabricante traçou na época do lançamento do programa da aeronave, no início da década passada, que previa uma demanda por mais de 1.000 unidades do jato comercial de dois andares.

Veja mais: Conheça os maiores aviões do mundo