A Emirates é o maior operador do A380, com quase 90 modelos na frota (Airbus)

A Emirates é o maior operador do A380, com quase 90 modelos na frota (Airbus)

A Emirates Airlines agora só voa com aeronaves enormes. A companhia aérea de Dubai encerrou neste mês as operações com seus últimos jatos Airbus A330 e A340. Desta forma, a frota da empresa passa a ser composta apenas pelos modelos Boeing 777 e o A380, o maior avião de passageiros do mundo.

Os aviões desativados pela Emirates eram considerados novos, com idade média de 16,5 anos, bem abaixo da média mundial dos jatos A330 e A340 em operação, de 25 anos. Além dos modelos retirados recentemente de serviço, a companhia também planeja desativar outros 25 aparelhos da frota atual, entre 2017 e 2018.


A Emirates é dona da maior frota de A380 do mundo, com 87 aeronaves em serviço. A companhia ainda tem um pedido por mais 45 unidades do gigante da Airbus. A empresa do Oriente Médio também é o maior usuário do Boeing 777, com 144 modelos a disposição.

As divisões da Emirates, porém, voam com outros aviões. A Emirates SkyCargo opera com as versões cargueiras do Boeing 747-400 e 777F. Já a Emirates Executive, divisão que oferece voos fretados, possui um Airbus A319 com interior executivo, com espaço para 19 passageiros.

O A319 da Emirates Executive é o menor avião do grupo de Dubai (Emirates)

O A319 da Emirates Executive é o menor avião do grupo de Dubai (Emirates)

Veja mais: Latam anuncia voos com tarifas “low-cost”