A Embraer também possui centros de engenharia e tecnologia em Belo Horizonte, EUA e Portugal (Divulgação)

A Embraer vai promover dois processos de seleção de estagiários neste ano, cada um com 150 vagas (Divulgação)

O departamento de Recursos Humanos da Embraer vai usar um recurso “não-humano” em seu próximo processo de seleção de novos estagiários. A fabricante em parceria com a Gupy, startup brasileira que desenvolve softwares de recrutamento, está utilizando pela primeira vez inteligência artificial para encontrar novos talentos.

A Embraer vai utilizar o novo processo na etapa inicial do “Programa de Estagiários” de nível superior, que selecionará 150 estudantes para trabalhar nas unidades da companhia no Brasil a partir de agosto deste ano. Os candidatos farão a seleção online respondendo a testes de perfil, lógica e inglês. A cada etapa o candidato recebe uma resposta automática do sistema sobre seu desempenho e média de pontuação na avaliação, agilizando a resposta aos estudantes interessados.


“A parceria com a Gupy é um passo fundamental na transformação dos processos de recrutamento de pessoas com muita vontade para realizar seus sonhos e de alta capacidade de aprendizagem em um ambiente cada vez mais digital”, afirma Carlos Griner, vice-presidente de pessoas e sustentabilidade da Embraer. “Estamos em busca dos melhores talentos que estejam aptos a enfrentar os desafios das rápidas transformações de nossa indústria. A combinação com a tecnologia de inteligência artificial vai fortalecer o processo de seleção de forma muito mais precisa.”

Como explica a Embraer, o uso da inteligência artificial permite a própria empresa gerenciar e personalizar a seleção, além de criar uma relação direta com o candidato. Um segundo processo seletivo usando a mesma tecnologia é previsto para o final deste ano, para atender a média de contratação da fabricante de 300 estagiários por ano.

“Estamos muito satisfeitos em receber a Embraer como o nosso mais novo parceiro. A confiança depositada pela empresa na Gupy é um indicativo da necessidade cada vez mais latente das empresas em aprimorar a eficiência e assertividade dos processos da área de Recursos Humanos”, comenta Mariana Dias, CEO e co-fundadora da Gupy. “Sem dúvidas temos todas as ferramentas necessárias para ajudar o RH da Embraer a ter um time cada vez mais qualificado com os melhores candidatos para a empresa”, destaca Mariana.

A fabricante afirmou que o uso de inteligência artificial na seleção de novos estagiários ainda é um projeto piloto, mas que no futuro poderá ser expandido para todas as ações de recrutamento da empresa. Os candidatos a vagas de estágio podem se cadastrar no site http://embraer.gupy.io até 9 de maio.

Veja mais: Gol abre inscrições para programa de estágio em SP e MG