Embraer Praetor 500

Quase dois meses depois de ser homologado pela ANAC na Brasil, o novo jato executivo da Embraer, o Praetor 500, recebeu a certificação de tipo das agências FAA (Estados Unidos) e EASA (Europa) nesta semana. É a mesma situação em que está seu “irmão” Praetor 600, que recebeu a tríplice certificação no primeiro semestre.

Segundo a Embraer, o Praetor 500 superou as previsões de alcance intercontinental durante o processo de certificação: “são 3.340 milhas náuticas (6.186 km, com quatro passageiros e reservas NBAA IFR), uma alta velocidade de cruzeiro de 466 nós, uma capacidade de carga de 726 kg com tanques cheios, comprimento de pista para decolagem de apenas 1.287 metros (4.222 pés), e um comprimento de pista para pouso de 636 metros (2.086 pés). Para um voo de 1.000 milhas náuticas (1.852 km) o comprimento de pista para decolagem é de somente 867 metros (2.842 pés)”, explicou a fabricante.


A empresa também afirma que o novo jato executivo de porte médio é o único da categoria a oferecer conectividade pela banda Ka. Derivado do Legacy 450, o Praetor 500 recebeu aprimoramentos para oferecer uma autonomia superior, capaz de realizar voos sem escalas como Nova York e Londres ou ir de São Paulo a Los Angeles com apenas uma escala.

O segredo para esse desempenho superior está na adoção dos turbofans Honeywell HTF7500E, que possuem maior empuxo, e também da capacidade de combustível adicional. Além disso, a Embraer aplicou no modelo a mesma tecnologia Full Fly-By-Wire utilizada na nova família E2 de jatos comerciais.

Com 1,83 metro de altura, sua cabine é capaz de acomodar até nove passageiros, mas a configuração mais comum é a de sete lugares. Outro diferencial do jato é a cabine silenciosa graças à redução de turbulência e a altitude de cabine de 5.800 pés (1.768 metros).

“A certificação tríplice pela ANAC, EASA e FAA valida o projeto do Praetor 500 como o jato médio mais avançado tecnologicamente e o melhor de sua categoria”, afirmou Michael Amalfitano, presidente e CEO da Embraer Aviação Executiva. “Proprietários do Praetor 500 agora vão apreciar uma experiência superior na classe de jatos médios, com o mais alto nível de desempenho, tecnologia e conforto”.


Embraer Praetor 500

Veja também: Voamos no novo jato executivo Embraer Praetor 600