Foto divulgada pela Embraer do E190-E2 "tigre" parado em Santa Helena (Divulgação)

Foto divulgada pela Embraer do E190-E2 “tigre” parado em Santa Helena (Divulgação)

Um dos protótipos do novo jato Embraer E190-E2 decolou nessa quarta-feira (31/1) da sede da fabricante em São José dos Campos (SP) em direção a Cingapura, onde será apresentado no Singapore Airshow, entre os dias 6 e 11 de fevereiro. Essa será a primeira aparição da aeronave na Ásia, ocasião que levou a empresa a criar uma pintura especial para o modelo, com a figura de um tigre.

A pintura do tigre pode ser interpretada como uma homenagem da Embraer a simbologia do grande felino na região, considerado divino por muitas culturas do Oriente, e também uma referência aos “Tigres Asiáticos”, os países asiáticos que passaram ou passam por importantes momentos de crescimento economico.


O jato, com prefixo PR-ZFU (é o segundo protótipo construído pela Embraer), já está na metade do caminho e pousa ainda hoje em Joanesburgo, na África do Sul. Antes de chegar ao continente africano, o avião fez escalas em Recife e na Ilha de Santa Helena. Interessados podem acompanhar a trajetória do avião até seu destino final pelo Flightradar24.

Além do E190-E2 com cara de tigre, a Embraer também vai exibir no evento em Cingapura os jatos executivos Phenom 30, Legacy 500 e o Legacy 650.

Hangar de feras

Essa é a segunda vez que a Embraer estampa a figura de um animal na nova família E-Jets 2. Em 2017, a fabricante brasileiro levou para o Paris Air Show o “Profit Hunter” (Caçador de Lucros), um E195-E2 com a pintura de uma águia.


O E195-E2 e o KC-390 são alguns dos principais destaques do Paris Air Shoe deste ano (Embraer)

O E195-E2 e o KC-390 são alguns dos principais destaques do Paris Air Shoe deste ano (Embraer)

Veja mais: Perto de estrear, Embraer E190-E2 supera as expectativas de desempenho