O Legacy 450 é um dos poucos aviões executivos que possui comandos 100% computadorizados (Embraer)

O Legacy 450 é um dos poucos aviões executivos que possui comandos 100% computadorizados (Embraer)

Um dos produtos mais sofisticados da indústria nacional, o jato executivo Legacy 450 da Embraer agora também voa com um cliente no Brasil. A fabricante anunciou nesta segunda-feira (9) que entregou a primeira aeronave desse tipo no país no final de março em sua sede em São José dos Campos (SP). A identidade do comprador não foi revelada pela empresa.

A aeronave foi apresentado pela Embraer em agosto de 2015 e logo em seguida recebeu as certificações para operações aéreas da ANAC e FAA, o órgão que regulamenta a aviação civil nos Estados Unidos. Segundo a fabricante, existem “dezenas de unidades” do jato voando em diversos países, como Canadá, França, Alemanha e nos EUA, onde o modelo também é produzido – a Embraer possui uma fábrica de aviões executivos em Melbourne, no estado da Florida.


“O Legacy 450 oferece mais velocidade, alcance, tecnologia e espaço interior do que o jato concorrente mais próximo. Com custo por quilômetro mais baixo, a aeronave é capaz de operar em pistas curtas, como Angra dos Reis, com toda a segurança bem como realizar confortavelmente longos voos internacionais. As inovações em tecnologia, design e performance do Legacy 450 tornam essa aeronave única e a melhor escolha no seu segmento”, disse Gustavo Teixeira, diretor de vendas da Embraer Aviação Executiva para a América Latina.

Alta tecnologia

O Legacy 450 é o “irmão menor” do Legacy 500, que estreou em 2014. Os dois jatos da Embraer estão entre os mais avançados do mundo na aviação executiva e possuem recursos tecnológicos que são encontrados somente nos aviões comerciais mais modernos da atualidade, como o Airbus A350 e o Boeing 787. A principal característica em comum entre essas aeronaves são o sistema de comandos de voo eletrônico “full fly-by-wire” (100% computadorizados), que dispensam atuadores mecânicos, trazendo uma série de benefícios, como economia de combustível e a redução da carga de trabalho dos pilotos com a maior automação nos controles do avião.

O Legacy 450 voa a velocidade de cruzeiro de 856 km/h (Embraer)

O Legacy 450 voa a velocidade de cruzeiro de 856 km/h (Embraer)

Segundo dados da Embraer, o Legacy 450 pode ser configurado para receber até nove passageiros (o Legacy 500 transporta 12 passageiros) e tem alcance máximo de 5.371 km (com quatro passageiros), o suficiente para voar sem escalas entre São Paulo e Bogotá, na Colômbia, ou até os Estados Unidos com uma parada de reabastecimento.


O Legacy 500 possui diversas opções de configuração de cabine, inclusive com sofá-cama (Embraer)

O Legacy 450 possui diversas opções de configuração de cabine, inclusive com sofá-cama (Embraer)

Alguns dos principais concorrentes do Legacy 450 são os modelos Learjet 45, Cessna Citation Excel e o Gulfstream G100, que estão uma geração atrás do jato executivo da Embraer atualmente avaliado em US$ 17 milhões (cerca de R$ 58 milhões).

Veja mais: Um passeio pela estratosfera a bordo do Legacy 500