Os E-Jets da Embraer estão em operação desde 2004 (Embraer)

Os E-Jets da Embraer estão em operação desde 2004 (Embraer)

A Embraer celebrou nessa terça-feira (6) a entrega do E-Jet número 1.400, um modelo E175, durante cerimônia realizada da fábrica da empresa em São José dos Campos. A aeronave será operada pela Envoy Air, subsidiária do grupo American Airlines. O jato, porém, será operado com as cores da companhia regional American Eagle Airlines.

“O programa de E-Jets, um dos mais bem-sucedidos programas aeronáuticos da história, tem sido fundamental em moldar o mercado de jatos de 70 a 130 assentos como o conhecemos hoje. Celebrar a entrega do 1.400º E-Jet com nossos parceiros de longa data, American Airlines e Envoy, é realmente um momento único para nós, especialmente depois de apenas dois anos da entrega do primeiro E175”, disse John Slattery, presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial.



A American Airlines é cliente da Embraer há mais de 20 anos e a Envoy é um dos primeiros operadores da família ERJ, com mais de 100 jatos destes modelos na frota. Considerando os pedidos de E-Jets realizados em 2013 e 2017, a American Airlines já encomendou 74 aeronaves do modelo E175, sendo que 54 deles serão operados pela Envoy. A entrega mais recente representa o E175 número 44 da Envoy.

“Ao adquirir nossos primeiros jatos, em 1998, a Envoy construiu uma longa e muito bem-sucedida parceria com a Embraer”, afirma Pedro Fábregas, presidente & CEO da Envoy Air. “Nossos funcionários adoram operar a aeronave tanto quanto nossos clientes gostam de viajar nelas, por isso, estamos muito satisfeitos por participar desse momento histórico. Vamos receber mais dez jatos E175 muito em breve e poder operá-los ainda por muito tempo”, completou.

A família E-Jets, lançada em 1999 e em operação desde 2004, é hoje a série de aeronaves mais vendidas no mundo no segmento de 70 a 130 assentos. Segundo a fabricante, os modelos dessa linha somam mais de 16 milhões de ciclos de voos (decolagem, voo de cruzeiro e pouso) e cerca de 22 milhões de horas voadas e um bilhão de passageiros transportados.

Nova geração 

A Embraer está na fase final de certificação do E190-E2, primeiro modelo da nova geração E-Jets 2. A primeira entrega da aeronave está programada para abril de 2018, para a companhia aérea Winderøe, na Noruega. A fabricante também está trabalhando no projeto do E195-E2, o maior avião comercial desenvolvido no Brasil, que tem estreia prevista para 2019, e o E175-E2, para meados de 2021.

Veja mais: Filipinas encomenda aviões de ataque Embraer Super Tucano