O novo modelo 450 é o "caçula" da família Legacy da Embraer (Foto - Thiago Vinholes)

O novo modelo 450 é o “caçula” da família Legacy da Embraer (Foto – Thiago Vinholes)

A divisão de aeronaves executivas da Embraer apresentou à imprensa nesta sexta-feira (7) o novo jato Legacy 450, o “caçula” da família, no Campo de Marte, em São Paulo. O modelo, que será um dos principais destaques na feira de aviação Labace 2015 na próxima semana, surge como uma das opções mais avançadas de seu segmento (mid-light) e com um dos melhores custo/benefício do mercado. “Jatos de outros fabricantes com essas mesmas especificações podem custar mais de US$ 30 milhões”, contou Marco Tulio Pellegrine, presidente da Embraer Executive Jets. De acordo com a empresa, o novo avião custa US$ 17 milhões.

O Legacy 450 é o menor modelo da família Legacy, que ainda tem as variantes 500, 600 e 650 com capacidade para até 15 passageiros. O novo modelo, para até nove pessoas, mede 19 metros de comprimento e 20 m de envergadura de asas (o Legacy 650 tem 26 m de comprimento e 21 m de envergadura) e tem alcance aproximado de 4.630 km, o que permite realizar viagens internacionais. “É um jato que pode chegar nos Estados Unidos com apenas uma parada para reabastecimento”, contou ao Airway o comandante Sidney Rodrigues, piloto de testes da Embraer.


A aeronave possui dois motores turbofan Honeywell, cada um capaz de gerar até 6.080 libras de tração e tem consumo de combustível relativamente baixo – queima cerca de 841 kg de combustível em uma viagem de 555 km.

O novo Legacy 450 é também um dos jatos executivos mais velozes do mundo, podendo voar a 1.017 km/h. O modelo, porém, voa em velocidade de cruzeiro de 885 km/h e pode atingir a altitude de até 13.720 metros.

O lançamento da Embraer também pode operar em aeródromos pequenos, precisando de 1.220 metros para decolar e apenas 700 m para o pouso.

O Legacy 450 tem 19 metros de comprimento e capacidade para levar até 9 passageiros (Foto - Thiago Vinholes)

O Legacy 450 tem 19 metros de comprimento e capacidade para levar até 9 passageiros (Foto – Thiago Vinholes)

“O Legacy 450 é uma aeronave de longo alcance e muito versátil para atender clientes exigentes e empresas de táxi aéreo que precisam de um aparelho eficiente e com alto grau de prontidão. A aeronave pode voar até 1.400 horas por ano, praticamente o mesmo que um avião comercial”, explicou Pellegrine.

Equipado com as tecnologias mais avançadas já criadas para a aviação, o Legacy tem como um de seus principais destaques os controles fly-by-wire, que substitui comandos manuais por eletrônicos, aumentando o nível de automação da aeronave e assim reduzindo o trabalho do piloto.

Veja mais: Jato executivo da Honda será vendido no Brasil por US$ 4,5 milhões

A cabine de comando dos modelos Legacy é totalmente digital e em vez do manche central, comum em aeronaves da geração anterior, ele utiliza os chamados “sidesticks” o que, segundo a Embraer, aumenta o conforto para os pilotos e melhora a capacidade de manobra do avião. “É uma delícia voar com esse jato”, completou o comandante Rodrigues.

A cabine do Legacy possui equipamentos totalmente digitais, o que reduz a carga de trabalho do piloto (Foto - Thiago Vinholes)

A cabine do Legacy possui equipamentos totalmente digitais, o que reduz a carga de trabalho do piloto (Foto – Thiago Vinholes)

Customização

O interior do Legacy 450 pode ser configurado de diferentes formas, incluindo a disposição dos assentos. É possível trocar duas poltronas por um sofá, por exemplo. A lista de itens extras para a aeronave inclui sistema de entretenimento com tela de alta definição, assentos que inclinam até virar camas e até opção de piso de granito para toalete. A aeronave também pode ter conexões de internet e telefonia via satélite.

Veja mais: “Uber da aviação” oferece caronas em jatos executivos a preços módicos

O Legacy 450, ainda como protótipo, voou pela primeira vez em 28 de dezembro de 2013, em São José dos Campos, onde fica a principal instalação da Embraer. A aeronave, contudo, ainda não foi totalmente certificada, o que deve ser anunciado na próxima semana durante a Labace.

Alguns dos principais concorrentes do novo produto da Embraer são os modelos Learjet 45, Cessna Citation Excel, Hawker 850XP e Gulfstream G100, que estão uma geração atrás do novo jato brasileiro.

Galeria de fotos: