Boeing 767-300 da Delta: voo entre o Rio de Nova York retorna em dezembro (Delta)

Não era o anúncio mais desejado pelo passageiro que utiliza o Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, mas trata-se de um alívio e ao mesmo tempo um sinal de que a demanda para Nova York persiste. A Delta Airlines confirmou a terceira temporada do voo sazonal entre o Rio e a maior cidade dos EUA a partir de 19 de dezembro.

Hoje a capital fluminense possui dois voos para Nova York, um operado pela American Airlines e outro, sazonal, pela Delta. Ambos serão suspensos no final de março, deixando o Rio sem um voo direto para a famosa cidade norte-americana. Havia, no entanto, a expectativa que a Delta aproveitasse a saída da sua rival para lançar um voo regular, mas isso acabou não ocorrendo desta vez. A companhia preferiu voltar a oferecer o serviço entre 19 de dezembro e 9 de março de 2020, desta forma, atendendo o período de alta temporada que inclui o Carnaval carioca.


Na Delta, adaptamos continuamente as opções da nossa rede para atender as demandas dos nossos clientes. Essa rota sazonal que liga Nova York ao Rio de Janeiro, de dezembro a março, oferece aos passageiros a conveniência de um voo direto conectando dois importantes mercados – para negócios e lazer“, afirmou Fabio Camargo, diretor da Delta no Brasil.

Na nova temporada, o voo passará a ser diurno entre o Rio de Janeiro e Nova York, já a volta permanece realizada durante a noite. O avião utilizado na rota continua a ser o Boeing 767-300 com 225 assentos, sendo 25 na classe executiva Delta One, 29 na classe econômica premium (com 10 cm a mais de comprimento) e 171 na classe econômica.

Pico nas férias

Embora tenha registrado queda no movimento de passageiros em 2018 (15 milhões contra 16,2 milhões em 2017), o Galeão viu seus números internacionais subirem 5% no ano passado. Foram 4,5 milhões de passageiros, concentrados sobretudo nos meses de dezembro a fevereiro (quase 30% do total), período em que a Delta obviamente decidiu reeditar seu voo.

Aeroporto do Galeão, no Rio: movimento internacional em alta (governo federal)

Veja também: Delta suspenderá voo entre São Paulo e Detroit